DEU COELHO!

Com gols de ex-atleticano e ex-cruzeirense, América vence o Galo e é o novo vice da Série A

Letícia Lopes
@leticialopesou
07/05/2022 às 18:40.
Atualizado em 07/05/2022 às 20:01
 (Reprodução/América/Twitter)

(Reprodução/América/Twitter)

Mais compacto e exibindo mais garra e futebol, o América levou a melhor sobre o Atlético neste sábado (7), no Independência, e assumiu provisoriamente a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, agora com nove pontos. Com gols de um ex-alvinegro, o zagueiro Maidana, e um ex-cruzeirense, o lateral Cáceres, o Coelho bateu o Galo por 2 a 1 – Nacho fez o gol da equipe mandante.

Foi o primeiro revés do Atlético (oito pontos) na Série A, assim como o fim de um tabu incômodo para o América. A última vez que o time alviverde havia vencido o rival se deu no dia 1° de maio de 2016, quando aplicou 2 a 1 na primeira partida da final do Mineiro.
 
O jogo 

O embate começou com o que se espera de um clássico e dando destaque para os dois goleiros. Com menos de um minuto de bola rolando, o América teve chance clara de gol, com Juninho. Aos 7 minutos, Maidana converteu pênalti, sofrido pelo volante: 1 a 0.

Com o Coelho na frente, o Atlético tentou reagir. Mas o Coelho mandou no jogo e poderia ter feito mais gols ainda na etapa inicial.

Já nos acréscimos, Ademir passou pela defesa do América, saiu na frente de Jailson e balançou as redes. Porém, com auxílio do VAR, foi constatado impedimento, e o tento foi anulado.

Os primeiros 45 minutos também renderam um número considerável de cartões amarelos. Foram cinco: dois para o Galo e três para o Coelho. Do lado alvinegro, o segundo foi para Hulk, que somou o terceiro seguido e não enfrentará o Bragantino, pela sétima rodada do Brasileirão.

Segundo tempo

Com mudanças na escalação, o segundo tempo iniciou com domínio atleticano. Do lado alviverde, o atacante Aloísio Boi Bandido, anunciado em março deste ano, fez sua estreia. 
 
Aos 24 minutos, após uma bicicleta de Hulk, a bola sobrou para Nacho, que não desperdiçou: 1 a 1.

O América, no entanto, foi para cima e, com Cáceres, fez o 2 a 1, aos 35 minutos.
 
Na reta final de um clássico de muitos acontecimentos, Felipe Azevedo levou o segundo amarelo no duelo e deixou o América com um jogador a menos. Nada que atrapalhasse a comemoração alviverde.

O próximo jogo do Atlético pelo Brasileirão é contra o Bragantino, nesta quarta-feira (11), às 20h30, no Nabi Abi Chedid. O América enfrentará o CSA, pela Copa do Brasil, na terça (10), no Horto, às 19h.

FICHA TÉCNICA

Atlético 1 x 2 América

Atlético
Everson; Guga, Réver, Junior Alonso e Rubens (Calebe); Allan, Jair, Nacho e Zaracho (Keno); Ademir (Sávio) e Hulk
Técnico: Antonio “El Turco” Mohamed

América
Jailson; Patric, Iago Maidana, Éder e João Paulo (Cáceres); Lucas Kal, Juninho, Matheusinho (Pedrinho) e Gustavo (Aloísio); Felipe Azevedo e Henrique Almeida (Índio Ramirez).
Técnico: Vagner Mancini

MOTIVO: Quinta rodada do Campeonato Brasileiro
DATA: 7 de maio de 2022 (sábado)
LOCAL: Independência
CIDADE: Belo Horizonte
ARBITRAGEM: Wilton Pereira Sampaio (FIFA), com assistência de Bruno Raphael Pires (FIFA) e Fábio Pereira
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro 
CARTÕES AMARELOS: Allan, Hulk e Réver (Atlético); Felipe Azevedo, Juninho e Éder (América)
CARTÃO VERMELHO: Felipe Azevedo (América)
GOLS: Iago Maidana aos 7 minutos do primeiro tempo. Nacho Fernández aos 24 e Conti aos 35 minutos do segundo tempo

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por