Atlético

Rodrigo Caetano reitera apoio a Turco e elenco do Galo: 'total confiança no trabalho'

Letícia Lopes e Thiago Prata
@leticialopesou @ThiagoPrata7
12/05/2022 às 10:26.
Atualizado em 12/05/2022 às 10:29
 (Pedro Souza/Atlético)

(Pedro Souza/Atlético)

“El Turco” Mohamed seguirá como treinador do Atlético e tem total confiança da diretoria alvinegra. Foi o que deixou evidente o diretor de futebol do clube, Rodrigo Caetano, logo no início de sua entrevista coletiva, na manhã desta quinta-feira (12). Para o dirigente, nenhum comentário vindo de fora da Cidade do Galo e oriundo das redes sociais será capaz de desestabilizar o ambiente de trabalho no Alvinegro.

“Independentemente dos resultados e de muito do que se 'planta' em redes sociais, enfim, (comentários) não vão entrar no CT. Nossa convicção é de confiança total no trabalho que vem sendo feito, seja pelos resultados, seja pela metodologia e o bom ambiente, apesar dos quatro jogos (seguidos) sem vitória. Pelo grupo, os profissionais e a comissão técnica que temos, vamos nos preparar muito para voltar a vencer e conseguir uma boa sequência de vitórias, que nos deu a conquista do Brasileiro no ano passado”, disse Caetano

E completou: “neste sentido, entendemos e temos uma forma um pouco diferente de trabalhar, que é realmente proteger e blindar nosso ambiente de trabalho, temos que manter nossa convicção, independentemente de críticas”.

Resultados

No Atlético, Turco soma um aproveitamento de 74,35%. Ao todo, são 26 partidas, 17 vitórias, sete empates e duas derrotas; com ele no comando, a equipe mineira marcou 51 gols e sofreu 18.

Apesar dos bons números, o time não vem convencendo grande parte da torcida nos dois principais torneios do ano, o Brasileirão e a Libertadores. O excesso de pontos perdidos nessas competições é consequência de oscilações dentro de campo.

Nos seis últimos confrontos na temporada, o Atlético obteve apenas uma vitória; houve ainda uma derrota e quatro empates. Na Série A, o Galo aparece na sexta posição, com nove pontos e um jogo a mais em relação à maioria dos clubes participantes.

Na Libertadores, soma oito, na liderança do grupo A. No entanto, o desempenho do Alvinegro na competição sul-americana culminou em várias críticas. Uma delas, a de que a equipe não consegue atuar bem nos dois tempos dos jogos e tomou sufoco em parte desses duelos.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por