Possíveis prejuízos e benefícios ambientais e urbanísticos da implantação da arena do Atlético, no Califórnia, na região Noroeste de BH, estão no foco de audiência pública que será realizada na noite desta terça-feira (18), na Procuradoria-Geral de Justiça. A participação é livre, desde que sejam feitas inscrições prévias.  

A discussão vem após o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) ter derrubado, há pouco mais de um mês, a licença para construção da "Arena Multiuso MRV", como é chamado o estádio. O motivo da ação de urgência, segundo o órgão, está nos riscos de danos ambientais irreversíveis em Área de Preservação Permanente (APP) no local onde se pretende construir a arena do Clube Atlético Mineiro.

Para manifestar-se nas discussões, que são promovidas pelas Promotorias de Justiça de Meio Ambiente e Habitação e Urbanismo de Belo Horizonte, o interessado deve se inscrever no dia e local de realização da audiência pública até o início dos trabalhos.

Já as inscrições para debatedor e expositor devem ser feitas pelo e-mail pjma@mpmg.mp.br.

A audiência será realizada no Salão Vermelho da Procuradoria-Geral de Justiça, que está localizada na avenida Álvares Cabral, 1690, 1º andar – Santo Agostinho, na região Centro-Sul da capital, com início às 19h e término às 21h. 

Outras informações podem ser obtidas pelo no número (31) 3292-6064.

Leia mais:
Em meio à expectativa do novo estádio, principal casa do Atlético completa 90 anos
Audiência pública discute impactos da construção do estádio do Galo