No jogo com mais gols na rodada inaugural da Copa Sul-Minas-Rio, competição organizada pela Primeira Liga e autorizada pela CBF nesta quinta-feira (28), Avaí e Grêmio empataram por 2 a 2, na Arena Condá, em Chapecó (SC), pelo Grupo 2. O time gaúcho esteve duas vezes na frente no placar e teve a chance de definir a vitória no final, mas o atacante Bobô desperdiçou uma cobrança de pênalti e na sequência sofreu o gol de empate que definiu o resultado.

Os quatro clubes do Grupo 2 estão com 1 ponto cada. Avaí e Grêmio, por terem feito dois gols, ficam na frente de Internacional e Coritiba, que empataram sem gols na última quarta-feira (27), em Porto Alegre. Na segunda rodada, o time tricolor receberá o paranaense no próximo dia 7, domingo de carnaval, às 19h30, na capital gaúcha. Colorados e avaianos jogarão no próximo dia 17, no mesmo horário, também em Porto Alegre.

O duelo desta quinta-feira teve o mando do Avaí e foi realizado em Chapecó porque o estádio da Ressacada, em Florianópolis, está com o gramado em reforma. Com mais torcedores na Arena Condá - a região oeste de Santa Catarina tem a presença de muitos gaúchos, que torcem para Grêmio ou Internacional -, o time tricolor se sentiu em casa e abriu o placar logo no primeiro minuto com o volante Edinho, que apareceu livre na área e soltou a bomba para o gol de Renan.

Com a vantagem no marcador, o Grêmio mostrou tranquilidade em toda a primeira etapa e não foi ameaçado pelo Avaí. O time catarinense só melhorou seu desempenho no segundo tempo e conseguiu o empate aos 6 minutos com o centroavante William, que dominou dentro da área, girou o corpo e acertou um chute no ângulo do gol de Marcelo Grohe.

Em jogada bem executada pelo Grêmio do técnico Roger Machado, saiu o segundo gol. Em falta batida por Lincoln na segunda trave, aos 16 minutos, o zagueiro Bressan entrou sem marcação e mandou a bola por baixo do corpo de Renan, que só pôde reclamar da falha de marcação de sua zaga. No final, aos 40, o time gaúcho poderia ter feito o terceiro, mas Bobô cobrou mal um pênalti. Renan acertou o seu canto direito e espalmou a bola.

Como castigo, o Grêmio sofreu o empate dois minutos depois. Após cruzamento da esquerda, Gabriel se antecipou à zaga tricolor na primeira trave e mandou a bola no canto esquerdo de Marcelo Grohe, que na jogada só ficou olhando.