Apesar de ainda não ter sido publicado pelo Atlético, o balanço financeiro de 2019 do clube já está "na boca do povo". O documento, recebido e publicado com exclusividade pelo Globoesporte.com, aponta um aumento nas receitas de cerca de R$ 47 milhões, tendo chegado a R$ 305 milhões na temporada.

De acordo com o balanço, a dívida do Galo aumentou R$ 94 milhões em relação a 2018. Com isso, o clube chegou a R$ 746 milhões em dívidas.

O Hoje em Dia entrou tentou contato com o presidente Sérgio Sette Câmara, mas ele optou pelo silêncio neste momento. A versão do mandatário do alvinegro deve ser dada em breve, de acordo com outras fontes ligadas ao clube.

Ao considerar as receitas publicadas no balanço, o jornalista Rodrigo Capelo excluiu R$ 49 milhões referentes à doação recebida pelo clube do empresário Rubens Menin, da MRV Engenharia, em 27 de dezembro. Por não ter sido doação em dinheiro, ela não tem efeito prático; trata-se de cotas de participação da sociedade de propósito específico (SPE) aberta para a Arena MRV.

Caso a doação de Menin não tivesse sido contabilizada nos últimos dias do ano passado, o Atlético teria terminado a temporada com prejuízo líquido de R$ 55 milhões, o que extapolaria o limite imposto pelo Profut, de 5% sobre a receita bruta do ano anterior.

balanço atletico