Gareth Bale foi muito bem marcado na derrota de País de Gales para Portugal por 2 a 0 nesta quarta-feira (6), em Lyon, na França. Mesmo assim, conseguiu criar algumas chances de gol, mas não o suficiente para livrar a sua seleção da eliminação nas semifinais da Eurocopa.

"Eles defenderam muito bem nos limitaram ofensivamente. Não tivemos muitas chances. Deixamos a Euro orgulhosos do trabalho que fizemos. Infelizmente não chegamos à final, mas fizemos o possível", comentou o principal jogador da equipe.

O atacante também falou sobre a rivalidade com seu companheiro de time, Cristiano Ronaldo. Há menos de um mês, os dois foram fundamentais na conquista da Liga dos Campeões da Europa pelo Real Madrid. Nesta quarta-feira, estavam em lados opostos e o craque português levou a melhor, marcando um gol e dando uma assistência para Nani garantir a classificação.

"Cristiano Ronaldo é um goleador nato e comprovou isso. Estamos decepcionados, mas nos levantaremos. Ninguém esperava que chegássemos tão longe. Mas lutamos e conseguimos ir até as semifinais", finalizou Gareth Bale.

O atacante do Real Madrid deixa a Eurocopa com três gols marcados e a melhor participação da história de País de Gales em um torneio de futebol. Até então, o time galês tinha como recorde as quartas de final na Copa do Mundo de 1958, quando foi eliminado pelo Brasil.