A quinta rodada do Campeonato Espanhol foi marcada por uma zebra neste sábado (21). O Barcelona perdeu para o Granada por 2 a 0, fora de casa, e perdeu a chance de se aproximar do líder Sevilla. O meia nigeriano Ramon Azeez e o ponta espanhol Alvaro Vadillo marcaram os gols da partida. Com o resultado, o clube mandante sobe para o terceiro lugar, com 10 pontos.

Vice-líder, o Atlético de Madrid também já jogou na rodada, empatando sem gols contra o Celta, em Madri, e tem a mesma pontuação. Já o Sevilla recebe o Real Madrid neste domingo e pode chegar a 13 se vencer; o rival da capital espanhola soma oito.

A derrota deixa o Barcelona estacionado nos sete pontos, atrás do pelotão da frente. O time da Catalunha dorme na sétima colocação da tabela de classificação e ainda pode perder posições após os jogos deste domingo.

Na partida deste sábado, o Granada abriu o placar logo no começo do primeiro tempo. Com apenas um minuto de jogo, os donos da casa inauguraram o marcador no estádio Los Carmenes. A defesa do Barcelona bobeou e permitiu chute do atacante espanhol Antonio Puertas. A finalização foi travada pelo zagueiro Piqué e encobriu o goleiro alemão Marc-André Ter Stegen, permitindo que Azeez completasse para o gol.

Com o astro argentino Lionel Messi no banco de reservas - ele só entrou na volta para o segundo tempo -, os visitantes sofreram na etapa inicial e não criaram boas chances. Já os donos da casa aproveitaram o mando de campo e foram superiores.

Segundo tempo

O segundo tempo também teve domínio do Granada. Aos 20 minutos, o volante chileno Arturo Vidal cometeu pênalti, confirmado após a revisão do juiz, com auxílio do árbitro de vídeo (VAR). Vadillo, que tinha acabado de entrar em campo, cobrou no canto direito de Ter Stegen, que caiu para a esquerda.

Pouco inspirado, o Barcelona não conseguiu reagir e parou no goleiro português Rui Silva nas poucas chances que criou. Placar final: 2 a 0 para o Granada.