Faltou pouco para o brasileiro Thomaz Bellucci conquistar mais um título na carreira. Neste domingo (16), o tenista número 1 do Brasil e 65.º colocado do ranking mundial foi derrotado no tie-break do terceiro set da decisão do Torneio de Houston, um ATP 250 disputado em quadras de saibro nos Estados Unidos, pelo local Steve Johnson, número 29 do mundo. Em 2 horas e 24 minutos, o norte-americano venceu por 2 sets a 1 - com parciais de 6/4, 4/6 e 7/6 (7/5).

No último final de semana, Thomaz Bellucci estava no Equador e com duas vitórias ajudou o Brasil a se classificar aos playoffs do Grupo Mundial da Copa Davis. Viajou, então, aos Estados Unidos e fez neste domingo a sua quinta partida em cinco dias consecutivos, sendo que todas elas foram para o terceiro set. Jogou nesta semana, portanto, mais de 8 horas e 12 sets. O cansaço poderia atrapalhá-lo na final, mas ele apareceu mesmo para Steve Johnson e o brasileiro não soube aproveitar.

No fim do terceiro set, quando servia em 5 a 5 e tinha 40 a 15, o tenista norte-americano colocou a mão na coxa esquerda e acusou dores por causa de cãibras. Teve que sacar fraco e teve a sorte ao contar com uma devolução de Thomaz Bellucci na rede para fazer 6/5. Recebeu atendimento médico e ao voltar para a quadra não respondeu a nenhum saque do brasileiro.

No tie-break decisivo da final, Steve Johnson se mostrou recuperado e chegou a abrir 6 a 3. Thomaz Bellucci ainda conseguiu salvar dois match points, mas o norte-americano sacou bem e fechou a partida em 7 a 5 para conquistar o segundo título de sua carreira - o primeiro foi na grama de Nottingham, na Inglaterra, no ano passado.

Já o tenista brasileiro perdeu a chance de conquistar o seu quinto título na carreira profissional. Foi a sua oitava decisão de ATP, sendo sete em quadras de saibro. No ranking a ser atualizado nesta segunda-feira, deverá pular da 65.ª posição para o 42.º lugar com os 150 pontos ganhos em Houston.

"Eu não estava com dores, mas estava tão cansado que não pude pensar em vencer a partida naquela hora. Eles estava um pouco pior do que eu, mas jogou incrivelmente bem", disse Thomaz Bellucci após a derrota. "Estou um pouco triste porque penso que poderia ter vencido, mas estou feliz por ter feito outra final", completou.