A seleção brasileira masculina de vôlei conheceu, na noite de quarta-feira (26), a sua primeira derrota na série de amistosos contra os Estados Unidos na Califórnia. Depois de vencer os dois primeiros jogos - um com time titular, outro só com reservas -, o técnico Bernardinho fez testes e viu os EUA ganharem por 3 a 2 (24/26, 25/22, 25/22, 21/25 e 15/11) em Los Angeles.

Na comparação com o time titular que atuou no domingo, saíram o ponteiro Ricardo Lucarelli e o oposto Evandro. No lugar deles, entraram os jovens Lucas Loh e Renan Buiatti, que se saíram muito bem, marcando 13 e 17 pontos respectivamente. A equipe ainda teve o levantador Bruno, os centrais Isac e Lucão e o ponta Lipe, que também fez 17 pontos.

"Foi uma boa partida, com as duas equipes sacando bem e fazendo um bom jogo de um modo geral. A partida se decidiu mais uma vez em pequenos detalhes, assim como o primeiro jogo. No quinto set começamos um pouco abaixo, o que complica se tratando de um set mais curto. Depois, não conseguimos recuperar, mas foi uma boa partida", analisou Lucão.

O rodízio de jogadores deve seguir para o quarto e último jogo da série, no sábado, às 23h de Brasília, em Irvine, também na Califórnia. O Brasil se prepara para jogar o Campeonato Sul-Americano, em Maceió, uma vez que não recebeu vaga para jogar a Copa do Mundo - a Federação Internacional (FIVB) alega que, como tem convite para a Olimpíada, o Brasil não precisa disputar a Copa.