A 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro começou com um protesto organizado pelo Bom Senso FC, movimento dos jogadores que pedem mudança no futebol nacional. Logo após o apito dos árbitros, os atletas nos 10 jogos por todo o País cruzaram os braços por alguns segundos.

Na página do grupo no Facebook foi publicado um texto em português com versão em inglês e francês enumerando uma nova pauta de reivindicações. O Bom Senso FC pede a renúncia do presidência Marco Polo del Nero, que na última semana se licenciou do cargo por 150 dias para se defender do indiciamento da Justiça norte-americana.

Ainda convocou os torcedores para protestar contra a manobra política do atual mandatário que, por estar licenciado, consegue indicar o sucessor provisório. Marco Polo Del Nero indicou o deputado federal Marcus Vicente (PP-ES) para o cargo. O político, nas primeiras entrevistas, disse acreditar na inocência de Del Nero.

O Bom Senso FC defende também a convocação de novas eleições "livres e democráticas para a presidência da CBF", com o fim da cláusula de barreira, que impede a formação de oposições independentes. "Essas são as medidas que verdadeiramente podem trazer uma solução à maior crise da história do futebol brasileiro. Em defesa do Futebol Brasileiro e por uma #CBFfichalimpa", finalizou o comunicado.