Dono da melhor campanha geral do Campeonato Paraibano, o Botafogo confirmou o favoritismo na noite deste domingo (8) e venceu o rival Campinense por 2 a 0, no estádio Almeidão, em João Pessoa, no jogo de volta da final, para sagrar-se bicampeão estadual na última decisão encerrada neste dia de confrontos decisivos pelo Brasil.

Derrotado no primeiro jogo da decisão por 1 a 0, na última quinta-feira, o Botafogo contou com o incentivo de sua torcida, que compareceu em peso no estádio, para conseguir a vitória, construída com gols de Nando e Lula, ambos no segundo tempo.

Foi a 29.ª vez que o time da capital paraibana levantou o troféu do torneio no qual chegou à final pela sexta vez seguida, sendo que venceu quatro destas seis decisões - duas contra o Treze e duas ante o Campinense.

OUTROS CAMPEÕES ESTADUAIS - No Maranhão, quem levou a melhor foi o Moto Club, que encaminhou o título na última quinta-feira ao vencer o Imperatriz no jogo da ida da final por 3 a 0.

Com sofrimento, o Moto foi derrotado por 2 a 1 neste domingo, no estádio Frei Epifânio, em Imperatriz, mas garantiu o seu 26.º título do Campeonato Maranhense. Os gols da partida foram marcados por Daniel Barros e Kanu, pelo Imperatriz, e Ricardo Maranhão, a favor do Moto Club.

No Campeonato Acreano, quem voltou a erguer a taça após dois anos sendo vice-campeão foi o Rio Branco. Depois de empatar em 2 a 2 com o Galvez no jogo da ida, o time da capital do Acre venceu a partida de volta com propriedade, por 3 a 0, no estádio Florestão, na noite deste domingo, e faturou o seu 47º título estadual. Mateus Oliveira fez dois e Geovani fechou o placar com um golaço.