O Brasil será representado por quatro atletas na Copa Continental de Atletismo, evento que fecha a temporada internacional na modalidade. A disputa, nesta competição, é entre continentes e Américas, Europa, Ásia-Pacífico e África têm, cada uma, dois atletas por prova individual e uma equipe por revezamento.

O principal nome brasileiro na competição em Marrakesh (Marrocos) é Fabiana Murer. A atleta do Clube BM&F Bovespa tem os três melhores saltos na temporada e chega como favorita a um prêmio de US$ 30 mil. Das oito primeiras do ranking 2014, porém, só ela e a alemã Lisa Ryzih vão competir no salto com vara.

Na prova masculina, Augusto Dutra vai ser um dos representantes das Américas. Número 14 do ranking mundial, ele vai participar de uma prova em que é alta a expectativa para o desempenho de Renaud Lavillenie. O francês já saltou 5,93m na temporada e quer bater seu recorde pessoal, de 6,02m.

A prova de Fabiana será às 14h40 (de Brasília) deste sábado, enquanto Augusto Dutra compete no mesmo horário do domingo. No mesmo dia, Jonathan Henrique Silva disputa o salto triplo às 13h45 enquanto Carlos Antônio dos Santos corre os 3.000m, às 15h15.

A startlist dos 100m não conta com o norte-americano Justin Gatlin, melhor da temporada, mas Mike Rodgers (EUA) e Richard Thompson (Trinidad & Tobago) estão inscritos. Os dois correram abaixo de 9s90 este ano. Nos 200m, favoritismo dividido entre Alonso Edward (Panamá) e Christophe Lamaitre (França).

De todas as provas, porém, a mais aguardada é a do salto em altura masculino. Mutaz Essa Barshin (Catar) está a 2cm do recorde mundial, tendo saltado 2,43m na última etapa da Diamond League. O ucraniano Bondarenko (2,42m) e o russo Ukhov (2,42m), além do canadense Drouin (2,40m) também chegam fortes. Se alguém bater o recorde, leva US$ 50 mil extras.