A seleção brasileira deu um passo importante para se garantir nas semifinais das Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial de Futsal ao derrotar, na noite de segunda-feira (8), o Paraguai por 1 a 0, em Assunção, o que a deixou isolada na liderança do Grupo A do torneio classificatório.

Com o resultado, o Brasil soma seis pontos em dois jogos, na ponta da chave. O anfitrião Paraguai é o segundo, com quatro pontos em três partidas, seguido por Equador e Venezuela, ambas com três pontos em dois e três jogos realizados, respectivamente. Já o Peru é o lanterna da chave, com um ponto em três jogos.

O duelo entre Paraguai e Brasil foi equilibrado, com a seleção tentando se impor, mas também levando sustos e tendo que sustentar a igualdade por dois minutos com um jogador a menos, em razão da expulsão de Fernandinho.

E o único gol da partida saiu apenas no segundo tempo. Em cobrança de falta ensaiada, Rodrigo rolou para Daniel na ala esquerda. Ele bateu cruzado, sem chances de defesa para o goleiro Gimenez, pois a bola entrou no ângulo da sua meta.

O Brasil volta a jogar nesta terça-feira (9), às 18 horas (de Brasília), diante do Equador. E uma vitória garante a classificação da seleção com uma rodada de antecedência para as semifinais da competição.

Os três primeiros colocados das Eliminatórias se garantem no Mundial, mas como a Colômbia, integrante do Grupo B do torneio classificatório, será o país-sede da competição. Assim, se os colombianos avançarem de fase, todos os semifinalistas estarão garantidos no Mundial.