Sem tempo para comemorar: é assim que o América encara de frente, e até o momento com sucesso, o apertado calendário do futebol tupiniquim. Vice-líder da Série B, após derrotar o Confiança-SE por 2 a 1, neste sábado (24), o Coelho agora visa o confronto da próxima quarta-feira (28), pela Copa do Brasil.

Buscando fazer história e chegar nas quartas de final do milionário torneio nacional, o Alviverde terá que desbancar o Corinthians, comandado pelo técnico Vágner Mancini. A primeira partida será disputada na Neo Química Arena, casa do Timão.

“O Corinthians melhorou bastante com o Vagner Mancini. São 180 minutos, um jogo lá e outro aqui. Claro que o Corinthians tem um favoritismo, todo mundo tem falado isso, mas a gente está bem confiante de fazer grandes jogos e tentar de tudo para passar dessa fase”, destacou o técnico Lisca, em entrevista coletiva.

Vindo de nove jogos sem saber o que é perder, o América sabe que é preciso manter o mesmo ritmo e, principalmente, os pés no chão. 

“É uma oportunidade de mostrar nosso trabalho, de mostrar a cara do América, do nosso grupo e nosso caráter, mas com muito respeito, e o maior respeito que se tem ao adversário é mostrar ambição, ganhar e jogar bem. Não podemos nos encolher, agora é hora de mostrar tudo que a gente tem para fora. Esse é o jogo que todos querem jogar, mas com muita calma, tranquilidade e organização. Vejo um momento bom do time, mas não podemos nos iludir com isso. Estamos valorizando essa oportunidade profissional, mas agora é aproveitar essa oportunidade", finalizou o treinador.