Não deu para o Brasil deixar a edição desta temporada de Wimbledon com a conquista de um título. Um dia depois de Marcelo Melo cair na decisão das duplas masculinas, foi a vez de Bruno Soares perder na final das duplas mistas. Ao lado da norte-americana Lisa Raymonds, o tenista mineiro formava a parceria cabeça de chave número 1, mas sucumbiram ao bom jogo da dupla formada pelo experiente canadense Daniel Nestor e pela francesa Kristina Mladenovic por 2 sets a 1 - com parciais de 5/7, 6/2 e 8/6.

Com a derrota, Bruno Soares desperdiçou a chance de conquistar o seu segundo título de Grand Slam da carreira. No ano passado, foi campeão nas mesmas duplas mistas do Us Open, em Nova York, ao lado da russa Ekaterina Makarova. E o Brasil segue sem títulos em Wimbledon desde 1966, quando Maria Esther Bueno ganhou a chave feminina.

Em quadra, Mladenovic teve uma torcedora especial na tribuna. Amigas desde a adolescência, a francesa teve a torcida da compatriota Marion Bartoli, que no dia anterior havia conquistado o seu primeiro título de um Grand Slam na carreira ao derrotar a alemã Sabine Lisicki.

No primeiro set, Bruno Soares e Lisa Raymonds fizeram um bom jogo e, com uma quebra de saque a mais, conseguiram fechar a parcial em 7/5. No segundo, Nestor e Mladenovic mostraram mais tranquilidade e ganharam facilmente por 6/2. Já no terceiro e decisivo set, o brasileiro se mostrou mais nervoso e desperdiçou dois match points no saque da francesa e depois foi quebrado. Com 7/6 a favor, o canadense sacou bem e garantiu mais um título em sua carreira - o terceiro de Grand Slam.