O fim do contrato de patrocínio entre a Caixa Econômica Federal e o Corinthians, na última quarta-feira (24), aproxima o banco de um possível acerto com o São Paulo. Como está sem anunciante master na camisa desde julho de 2014, o clube do Morumbi procura uma nova empresa e deve iniciar negociações com o banco para voltar a ter alguma marca estampada no espaço mais nobre do uniforme.

As duas partes não confirmam as conversas, mas a reportagem do jornal O Estado de S. Paulo apurou que existe boa possibilidade de acordo. O São Paulo fechou no começo deste ano compromisso para duas empresas estamparem anúncios nas barras da camisa: a loja de material de construções Joli e a FIAP (Faculdade de Informática e Administração Paulista). O último patrocinador master do clube foi a Semp Toshiba.

A Caixa pagava por ano R$ 30 milhões ao Corinthians, valor que, mesmo com o fim do contrato, já está separado no orçamento da empresa. O banco deve procurar clubes paulistas com a mesma expressão do time do Parque São Jorge para investir e tem no São Paulo um dos possíveis alvos, assim como o Santos.