Caldense e Tombense começam neste domingo (2) a briga entre eles para participar da quinta decisão do Campeonato Mineiro entre capital e interior desde que a fórmula atual de disputa passou a ser adotada, em 2004.

Coincidentemente, na última vez que isso aconteceu, eles também estavam envolvidos, pois fizeram uma das semifinais do Módulo I em 2015, mas com situações distintas do que acontece agora.

Treinamento Caldense Cidade do Galo

Mandante no jogo deste domingo, a Caldense encerrou a sua preparação para encarar o Tombense neste sábado, na Cidade do Galo

A Caldense tinha a vantagem de dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols. E ficou com a vaga na decisão empatando no Almeidão, em Tombos, por 0 a 0, e vencendo no Ronaldo Junqueira, em Poços de Caldas, por 2 a 0.

A Veterana encarou na decisão o Atlético, que tinha passado pelo Cruzeiro nas semifinais. E perdeu a taça após empatar por 0 a 0, no Mineirão, e perder o jogo de volta, no Dilzon Melo, em Varginha, por 2 a 1. A partida não foi em Poços de Caldas porque o Ronaldo Junqueira não tinha a capacidade mínima de público exigida pelo regulamento da competição.

Diferenças

Agora, a situação é diferente. Primeiro colocado da fase classificatória, assim como tinha sido a Caldense em 2015, o Tombense é quem joga as semifinais por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols.

E essa não é a única vantagem do time de Tombos. Seu período do treinamento antes do retorno do futebol mineiro, no último domingo, é bem maior também numa comparação com a preparação da Veterana.

O Tombense voltou aos treinamentos no início de junho. A Caldense, na metade de julho. São mais de 40 dias a mais de trabalhos para o time da Zona da Mata.
Na busca pela final, o Tombense tenta repetir os feitos da Caldense e também do Ipatinga, time do interior que mais decidiu o Campeonato Mineiro a partir de2004. E o Tigre foi ainda o único a vencer a competição desde então, superando o Cruzeiro na final de 2005. Em 2006 e 2010, foi derrotado por Raposa e Galo, respectivamente, na briga pelo título.