Bicampeão mineiro e campeão da Libertadores. De volta ao Atlético e com a missão de comandar a equipe nas duas próximas temporadas, o técnico Cuca terá um 2021 recheado de desafios e, com um elenco reforçado, poderá novamente fazer história pelo Alvinegro.

Vindo de um trabalho de sucesso no Santos, onde foi vice-campeão da Libertadores com um time repleto de problemas, dentro e fora das quatro linhas, o curitibano de 57 anos será apresentado na semana que vem na Cidade do Galo.

Com 153 jogos pelo Galo, Cuca foi o técnico mais longevo da década passada. Ao todo, ele ficou no clube por 864 dias e, desde então, foi o único que completou uma temporada (do primeiro ao último jogo).

Leia mais:
Atlético oficializa retorno de Cuca e treinador assinará por duas temporadas com o Alvinegro
Faltam 43 dias: Atlético leva a melhor no jogo com maior público do clássico no Brasileirão
Lucas Gonçalves tece elogios a Zaracho e enaltece versatilidade da trinca do meio atleticano

Com ele, o Atlético conquistou 80 vitórias, 34 empates e teve outras 39 derrotas. De 3 de maio de 2012 a 31 de julho de 2013, o time acumulou 38 jogos sem perder em casa. Foram 29 vitórias e nove empates (aproveitamento de 84,2% dos pontos disputados), com 96 gols marcados e 32 sofridos.

Aos 57 anos, Cuca tem a missão de, mais uma vez, fazer história pelo alvinegro.