Uma das apostas do Fluminense para 2016, o volante Douglas só teve motivos para comemorar neste ano. Prestes a completar 19 anos, em 13 de janeiro, ele foi campeão sub-20 pela equipe tricolor, subiu ao time profissional e já ganhou suas primeiras oportunidades no Brasileirão.

"O ano de 2015 foi muito importante para mim e para a minha família. Desde a base, trabalhei muito e conquistei títulos. Não esperava subir este ano ainda, mas chegou minha a oportunidade e estreei. Vamos esperar que o ano de 2016 seja ainda melhor e que eu conquiste meus objetivos", diz o volante.

Cria da base do Flu, em Xerém, Douglas protagonizou uma rápida ascensão no clube neste ano. Começou a temporada nos juniores e nem entrou em campo na Copa São Paulo de Juniores. Em seguida, disputou o Brasileiro Sub-20 e, no segundo semestre, passou a ganhar chances no time profissional.

"Subi do juvenil para os juniores no início do ano. Na Copa São Paulo, fiquei no banco e não joguei. Minha hora chegou no Brasileiro sub-20. Treinei bastante e arrebentei. Logo chegou a oportunidade no profissional contra o Flamengo", afirma, ao lembrar o clássico em que o Fluminense foi derrotado por 3 a 1, no início de setembro.

Agora, no time principal, ele busca a adaptação completa ao lado de outros companheiros que vieram da base, como Gustavo Scarpa. "Ajuda muito porque você chega em um grupo e parece que está em Xerém, pois tem muitos garotos novos, que te dão conselhos por estarem há mais tempo aqui. As coisas ficam mais fáceis", diz o volante.