Fim do sonho.  O Atlético perdeu para o Colón na disputa de pênaltis, após ter vencido no tempo normal por 2 a 1,  na noite desta quinta-feira (26), no Mineirão, e está eliminado da Copa Sul-Americana. 
 
O time Alvinegro dominou boa parte desse segundo jogo de semifinal, mas viu a chance de se classificar no tempo normal escapar após "Pulga Rodrígues", de pênalti, marcar aos 36 minutos do segundo tempo, e levar a decisão para a cobrança de penalidades. 
 
Após a partida, o meia Cazares, que desperdiçou a última cobrança, lamentou a derrota, questionou a marcação do árbitro Andrés Rojas, mas destacou a atuação do Galo na partida. 
 
"Tinhamos o jogo controlado, 2 a 0 tranquilo. Para mim, esse pênalti não aconteceu, e o juiz marcou pra eles. Tentamos chegar a final, mas o futebol é assim.... Temos que sair com a cabeça erguida. Corremos, lutamos, conseguimos fazer o jogo que queríamos, e esse pênalti acabou tirando a gente", afirmou o meia. 
 
O equatoriano também comentou sobre o pênalti não convertido, que acabou sacramentando a classificação do Colón. 
 
"Sempre bato de um jeito, trato de não mudar,  o goleiro deles acabou pegando. Virtude dele. Fiquei frustrado pelo pênalti, queria fazer, mas é assim a sorte. Quando se vai para os pênaltis, é sorte Eles passaram, classificaram, mas ainda temos muita coisa pela frente no Brasileiro". 
 
Eliminado, e agora mais pressionado do que nunca, o Atlético tenta juntar os cacos e buscar a reabilitação no Campeonato Brasileiro, torneio em que acumula seis derrotas consecutivas. 
 
O Galo volta a campo no próximo domingo, para enfrentar o Ceará, às 19h, no Independência, pela 22ª rodada da competição.