A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) oficializou, no último sábado (20), a mudança de data do duelo entre Cruzeiro e Náutico, no Mineirão, pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Anteriormente marcado para o próximo domingo, às 16h, quando o restante dos jogos da rodada final da competição será disputado simultaneamente, o confronto foi antecipado para a próxima quinta, às 20h, no Gigante da Pampulha.

Segundo a entidade máxima do futebol brasileiro, a alteração se deu a pedido da detentora dos direitos televisivos da competição.

A mudança foi permitida, já que que o embate não tem interferência em acesso e rebaixamento. O Cruzeiro atualmente é o 13º colocado, com 47 pontos. O Timbu, por sua vez, aparece na oitava colocação, com 52 pontos.

Vale lembrar também, que no próximo domingo, às 16h, está marcada a partida entre Atlético e Fluminense, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro, também no Gigante da Pampulha.

Desse modo, caso a antecipação da partida diante do time pernambucano não fosse autorizada, a Raposa não poderia atuar no Gigante da Pampulha, pelo fato de o Alvinegro ter reservado o estádio anteriormente.

Despedidas

O confronto da próxima quinta vai marcar a despedida de dois jogadores que tiveram trajetórias marcantes no clube estrelado nos últimos anos.

Com uma carreira recheada de títulos, o atacante Rafael Sóbis vai fazer sua última partida como atleta profissional de futebol.

Aos 36 anos, e em sua segunda passagem pela Toca da Raposa II, Sóbis conquistou o bicampeonato da Copa do Brasil em 2017 e 2018 e o título do Campeonato Mineiro em 2018, com a camisa estrelada. 

Quem também está encerrando um ciclo é o volante Ariel Cabral. Com contrato com o Cruzeiro se encerrando no final desta temporada, o argentino não terá o vínculo renovado. Com 34 anos, Cabral também conquistou o bicampeonato da Copa do Brasil, além de dois estaduais (2018 e 2019).

Leia mais 
Livre do rebaixamento, Cruzeiro poderá se despedir da torcida em 2021 no Mineirão
É biCAMpeão! Galo vence o Cruzeiro no Mineirão e conquista o título do Campeonato Mineiro Feminino