Em confronto direto entre duas equipes que lutam para se distanciar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Ceará viajou ao Rio para enfrentar o Fluminense, às 20 horas desta segunda-feira, (15)  no Maracanã, sonhando em reverter o mau desempenho da equipe até o momento em partidas longe de seus domínios.

À exceção da vitória sobre o Avaí na Ressacada, pela sexta rodada, em 27 de maio, o time cearense não pontuou em partida alguma fora de casa, o que tem sido determinante para a campanha de apenas dez pontos do time até o momento após nove rodadas.

A equipe de Fortaleza também não vence na competição há três rodadas, o que fez com que a diretoria alvinegra buscasse alguns reforços pontuais durante a parada para a Copa América. Um deles é o meia Lima, peça importante na campanha do acesso à Série A, em 2017, que pertence ao Grêmio e estava emprestado ao Al-Wasl, dos Emirados Árabes Unidos.

O empréstimo de Lima foi anunciado no último sábado pelo presidente Robinson de Castro, mas o atleta ainda não tem condições de jogo. O atacante Felippe Cardoso, que estava no Santos, e foi contratado nos últimos dias, por sua vez, seguiu neste domingo com a delegação para o Rio e pode estrear.

Outro jogador do setor ofensivo que viajou foi Mateus Gonçalves. Ex-atleta do adversário desta segunda-feira, ele comentou sobre o reencontro no Maracanã. "Será uma partida muito especial. Mesmo com pouco tempo no Fluminense, fiz grandes amigos e é muito bacana revê-los, mas agora defendo as cores do Ceará e vamos fazer de tudo para conquistar os três pontos", disse o atacante, que esteve nas Laranjeiras no início desta temporada.

Incorporado ao elenco do Ceará desde o início do Brasileirão, Mateus Gonçalves comentou sobre a importância da intertemporada para a equipe e a necessidade de encerrar logo o jejum. "Tivemos um bom período de treinos. São três jogos sem vitórias, então, mesmo jogando fora de casa, temos que pontuar para subir na tabela", finalizou.

Ainda sem dar pistas a respeito da escalação que pretende colocar em campo nesta segunda-feira, o técnico Enderson Moreira já sabe que não poderá contar com o zagueiro Luiz Otávio, suspenso. Também não viajaram o volante Pedro Ken, os meias Wescley e Juninho Quixadá, além do atacante Bergson. Todos ainda vêm se recuperando de lesões.


Leia mais:
Clássico de momentos opostos pela Copa do Brasil. Quem leva a melhor no duelo mineiro?
Times brasileiros da elite voltam às ações com poucas mudanças
Após título, Tite vai acelerar o processo de renovação da seleção brasileira