Os torcedores do Cruzeiro estão pintando as ruas de Belo Horizonte de azul e branco. No dia em que o clube completa cem anos de existência, os torcedores se vestiram com o manto estrelado, levaram faixas e entoaram o hino e outros cânticos, ao lado dos mascotes Raposão e Raposona Salomé.

Muitos torcedores, porém, não usavam máscaras ou não respeitaram outras medidas de segurança em meio à pandemia do novo coronavírus.

 

As festividades do Centenário do Cruzeiro continuam na tarde e na noite deste sábado (2).