O Atlético encara neste sábado, às 17h, o Guarani de Divinópolis em um jogo-treino da pré-temporada alvinegra na Cidade do Galo. Para essa disputa, o técnico Roger Machado fez uma lista com 21 jogadores e deixou Clayton de fora. Sem atuar pelo Galo desde o final do ano passado, o volante se mostra esperançoso para 2017, mas reclama da falta de oportunidade em 2016.

Quando chegou à equipe, o jogador não teve um bom desempenho e acabou ficando de fora do time principal. Com o tempo e o surgimento de vários atletas com lesões, o volante foi novamente relacionado. No segundo semestre do anos passado, ele emplacou uma sequência de oito jogos no Campeonato Brasileiro e marcou três gols. Nos confrontos que ele participou - contra o Sport, Cruzeiro, Internacional, Ponte Preta, Corinthians, América, Botafogo e Figueirense - o Galo venceu cinco partidas, empatou duas e perdeu uma.

Porém, isso não foi suficiente para que ele continuasse como titular e Clayton foi mais uma vez sacado do time. Segundo o jogador, até hoje ela não sabe dizer quais foram as razões para que isso acontecesse. “Eu acabei sendo interrompido e não tive uma explicação porque, mas ser jogador de futebol é isso, a gente trabalha, procura o melhor possível pra poder estar dentro de campo ajudando a equipe”, disse em entrevista à rádio Itatiaia.

O volante acredita que um dos motivos para a sua ida para o banco talvez seja sua baixa participação nos lances ofensivos. “Acho que o que faltou que chegar mais ao ataque, procurar participar mais dos gols, fazer gols e dar assistência”, ponderou.

Para este ano, o atleta segue confiante, mas reconhece que a briga não será nada fácil. “Eu acho que nosso elenco todo é recheado de bons jogadores, mas o ataque principalmente tem muitos jogadores de nível excelente, então vai ser uma briga muito boa, sadia. Procurar dar o melhor de si nos treinos e nos jogos mostrar o melhor possível e professor que vai ter uma dor de cabeça”, concluiu.

Escalação

Para o jogo contra o Guarani, Roger Machado deve contar com Giovanni, Marcos Rocha, Gabriel, Felipe Santana, Fábio, Santos, Rafael Carioca, Ralph, Luan, Maicosuel, Robinho e Fred.