Bastante desfalcada, a seleção brasileira iniciou nesta segunda-feira (7) a preparação para os amistosos que fará em Cingapura com equipes da África. Sem a presença de qualquer goleiro, o técnico Tite comandou uma atividade com a presença de apenas 11 jogadores no Kallang Sport Hub.

Foi o primeiro trabalho para o duelo de quinta-feira, contra Senegal, às 9 horas (de Brasília) - na sequência, no domingo, o segundo amistoso da seleção brasileira nesta data Fifa será contra a Nigéria, no domingo. Ambos os duelos serão no Estádio Nacional de Cingapura.

Com poucos jogadores e a maioria deles tendo atuado no fim de semana, a comissão técnica adotou uma carga leve de treinos. O volante Casemiro e o zagueiro Thiago Silva, por exemplo, apenas deram voltas no gramado com o preparador físico Ricardo Rosa.

O restante do grupo já à disposição de Tite fez um trabalho de aquecimento com bola, em campo reduzido. Participaram desse trabalho os zagueiros Marquinhos e Éder Militão, o lateral-direito Daniel Alves, os meio-campistas Fabinho, Lucas Paquetá e Philippe Coutinho, e os atacantes Neymar, Richarlison e Roberto Firmino.

Lucas Paquetá, Marquinhos e Éder Militão, que atuaram poucos ou nem foram utilizados nos seus respectivos clubes no último fim de semana, ainda fizeram exercícios técnicos específicos em separado.

A seleção brasileira voltará a treinar nesta terça-feira no Kallang Sport Hub. A atividade está agendada para as 6h30.

Leia mais:
Atlético enfrentará o líder do Brasileiro com 'time misto'; confira os desfalques
Carille tem problemas para escalar o Corinthians na quinta contra o Athletico-PR