A vitória por 2 a 1 no primeiro clássico da final do Campeonato Mineiro deixou o torcedor confiante na conquista do 38º título da competição mais importante do Estado. Visitante no duelo deste sábado (20), a Raposa precisa de um empate para levantar o caneco e, pelo segundo ano consecutivo, desbancar o rival Atlético.

Tendo direto a apenas 10% da carga de ingressos para o jogo no Independência, marcado para às 16h30, os torcedores resolveram "invadir" a Toca II nesta sexta-feira (19) e mostrar o apoio aos jogadores e à comissão técnica.

“Nossa equipe deve estar preparada para todas as circunstâncias do jogo. Se o oponente vai jogar em linhas mais baixas ou mais altas, temos de ter o entendimento no momento do duelo. E a equipe que entende melhor esses momentos certamente será a que sairá vencedora. E o Cruzeiro tem uma boa leitura de jogo e saberá lidar com as dificuldades que aparecerão”, destacou o técnico Mano Menezes durante a coletiva à imprensa.

“Somos experientes para jogar em qualquer lugar. Estamos mostrando isso há quase três anos, que é o período que estou aqui à frente da equipe. Já conquistamos títulos fora de nossos domínios e essa será mais uma oportunidade que teremos de mostrar a capacidade que nosso grupo tem”, acrescentou.

Sem Raniel, cortado, Menezes acionou o experiente meia Thiago Neves para ser opção durante os pouco mais de 90 minutos de bola rolando no Horto. Com isso, o Cruzeiro deve ir a campo neste jogo decisivo com Fábio; Edilson, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Romero, Robinho e Rodriguinho; Marquinhos Gabriel e Fred.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Te apoiaremos de coração...👊🏼🦊 #FechadoComOCruzeiro #EuVivoOCruzeiro

Uma publicação compartilhada por Geral Celeste (@geralceleste) em