Sob um viés, o duelo desta quinta-feira (25), às 20h, diante do Náutico, tem sabor de festa para o atacante Rafael Sóbis, em sua despedida dos gramados, e o volante Ariel Cabral, entrando em campo pela 200ª e última vez com a camisa celeste. Sob outra perspectiva, tem um gosto agridoce, já que, como enfatiza o técnico Vanderlei Luxemburgo, não é o “jogo dos sonhos” para o clube e a torcida, que, apesar de mais uma campanha ruim da agremiação, vai lotar o Mineirão (cerca de 60 mil ingressos foram vendidos).

A sensação de déjà-vu ao longo da temporada soa como sinônimo de fracasso, pelo fato de o time, pelo segundo ano consecutivo, não ter alcançado o acesso, ao mesmo tempo em que se renovam as esperanças para 2021, de que a diretoria da Raposa, enfim, faça um trabalho competente para a equipe regressar à elite. Mesmo assim, existe um objetivo para o último confronto dos azuis nesta Segunda Divisão.

Não que sirva de alento, mas é fato que vencer o Timbu significaria ao atual elenco superar a pontuação atingida pelo Cruzeiro na Série B de 2020. O time mineiro encerrou a edição passada com 49 pontos (importante salientar que iniciou o torneio com seis pontos a menos, por conta de uma punição imposta pela Fifa). Na atual, soma 47, podendo ir a 50.

Em 13° lugar, a Raposa ainda pode encerrar o campeonato entre os dez primeiros – no ano passado, terminou a Segundona na 11ª colocação.

Honra

A despedida festiva para alguns jogadores e a possibilidade de o clube superar a campanha da Série B de 2020 passam por um objetivo básico dentro do futebol: vencer.

“Quando a gente veste essa camisa, tem que honrá-la, se doar e se entregar em busca do resultado. É festivo para o Sóbis, que vai parar, e o Ariel, cujo contrato vai se encerrar. Mas a nós, que vamos entrar para honrar essa camisa, vale três pontos", afirmou o zagueiro Léo Santos.

Cruzeiro

Rafael Sóbis ainda vai enfrentar o Náutico, antes de pendurar as chuteiras

Campanhas do Cruzeiro na Série B

2020
Posição final: 11° lugar
Pontuação: 49 pontos (perdeu seis pontos, por punição da Fifa)
Vitórias: 14
Empates: 13
Derrotas: 11
Gols marcados: 39
Gols sofridos: 32
Melhores posições alcançadas na competição: 9° lugar (3ª rodada) e 10° lugar (29ª e 30ª rodadas)

2021
Posição atual: 13° lugar
Pontuação: 47
Vitórias: 10
Empates: 17
Derrotas: 10
Gols marcados: 42
Gols sofridos: 44
Melhores posições alcançadas na competição: 11º lugar (30ª, 35ª e 36ª rodadas)

FICHA DO JOGO

CRUZEIRO
Fábio; Rômulo, Eduardo Brock, Léo Santos e Felipe Augusto (Matheus Pereira); Ariel Cabral (Adriano), Lucas Ventura e Giovanni; Wellington Nem, Bruno José e Rafael Sóbis (Marcelo Moreno)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

NÁUTICO
Anderson; Thassio, Rafael Ribeiro, Carlão e Júnior Tavares; Trindade, Rhaldney, Marciel, Juninho Carpina e Murillo; Álvaro
Técnico: Hélio dos Anjos

DATA: 25 de novembro de 2021 (quinta-feira)
HORÁRIO: 20h
LOCAL: Mineirão
CIDADE: Belo Horizonte
MOTIVO: 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
ARBITRAGEM: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho, auxiliado por Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Carlos Henrique Alves de Lima Filho, todos do Rio de Janeiro
VAR: Vinícius Furlan (SP)
TRANSMISSÃO: Premiere