Enquanto o titular Ymmi Chará defende a Seleção da Colômbia nas duas 'datas-Fifa' deste início de outubro e não encara o América, o Atlético se prepara para o clássico mineiro deste domingo, às 19h, com apenas uma dúvida na escalação: Tomás Andrade ou Leandrinho?

O técnico Thiago Larghi abordou o tema na coletiva de imprensa do treino desta sexta-feira (12), e destrinchou as caracterísicas dos dois atletas. O argentino, que já teve papel importante no ano, parece o favorito à vaga. Já Leandrinho teve poucas oportunidades até o momento, até por estar fisicamente abaixo dos demais.

"Essa é a dúvida principal, o Leandro é um jogador que veio evoluindo, melhorando a condição física. Ele chegou com um poucio de déficit de força em relação ao grupo, e agora está normalizado, está bem e vem buscando oe spaço dele dentro do time", afirmou Larghi.

Diante da Chapecoense, na última rodada, Leandrinho e Andrade entraram no segundo tempo, nas vagas de Luan e Chará, respectivamente. Com características diferentes, lutam pela titularidade. O camisa 8 vivenciou isso contra o Flamengo, há três jogos. Já o jogador emprestado pelo Napoli só atuou contra o São Paulo - reserva - além do duelo no oeste catarinense no sábado passado.

"O Tomás já foi titular em outras partidas. Nos ajudou em vitórias recentes e importantes, contra São Paulo e Atlético-PR. É um jogador que tem confiança nossa. A diferença principal é que um é canhoto e outro é perna direita. Tomás faz jogada de linha de fundo, mas vem pelo meio. Flutua um pouco mais que o Leandro, o Leandro é um pouco mais agudo", completou Larghi.