Uma das contratações do Cruzeiro para a temporada, o meio-campista Rômulo vem se desdobrando em campo, ora assumindo o papel de volante, ora de meia de ligação. Após entrar no decorrer dos quatro jogos, conquistou a vaga de titular na Raposa. E por ser uma das esperanças do time contra o América, neste domingo (9), às 16h, no Independência, pelas semifinais do Mineiro, é que ele terá que mostrar novamente seu valor, depois de uma série não tão positiva com a camisa azul e branca.

Nas vezes em que saiu do banco de reservas, deu sua contribuição nas vitórias sobre Boa Esporte (1 a 0), Coimbra (2 a 0) e Atlético (1 a 0), pelo Estadual, e América-RN (1 a 0), na Copa do Brasil. Diante da equipe de Contagem, serviu Felipe Augusto no segundo gol celeste.

No entanto, depois que obteve uma vaga entre os 11 principais, o desempenho, que era de 100% neste regresso à Toca, caiu para 33,3%, devido aos reveses para Pouso Alegre (1 a 0) e América (2 a 1) e a goleada aplicada sobre o Patrocinense (4 a 0).

Além disso, ele soma cinco partidas consecutivas sem dar um passe sequer a gol – incluindo as duas competições. Neste quesito, o líder da equipe estrelada na temporada é Sóbis, com dois passes que culminaram em bolas na rede. Com uma assistência, cada, aparecem Rômulo, Adriano, Airton, Claudinho, Felipe Augusto, Cáceres, Stênio, Weverton, Bruno José e Pottker.

Como se diz no futebol que jogadores se consagram em grandes partidas, o meio-campista tenta dar a volta por cima e assinar seu nome na história do clássico contra o América.

Para avançar à final, o Cruzeiro precisa superar o Coelho por dois ou mais gols de diferença, já que perdeu o duelo de ida por 2 a 1, no Mineirão.

Cruzeiro

Leia Mais:
Felipe Conceição vê similaridades entre o novo reforço Bissoli e o experiente Rafael Sóbis
'A gente enfrenta qualquer equipe de igual para igual', diz Conceição, confiante para o clássico
Regularização de Bissoli aumenta opções de ataque do Cruzeiro para tentar virada sobre o América