O empate em 0 a 0 com o Náutico, neste domingo (24), no Independência, marcou a estreia do goleiro Vitor Eudes no Campeonato Brasileiro da Série B.

A partida contra o Timbu, inclusive, foi a segunda do jogador pelo time principal da Raposa, a primeira em âmbito nacional.

Formado nas categorias de base do clube estrelado, Eudes estreou no dia 1º de agosto do ano passado, quando a equipe celeste venceu o Patrocinense por 3 a 0, no Mineirão, na semifinal do Troféu Inconfidência, pelo Campeonato Mineiro.

Até então terceiro goleiro do Cruzeiro, Vitor Eudes foi o suplente imediato de Fábio diante do Timbu, em razão da ausência de Lucas França, que sofreu uma lesão muscular na coxa direita. 

Capitão

E o camisa 39 foi acionado logo no início do confronto com a equipe pernambucana, quando Fábio foi expulso, após tocar com a mão fora da área, quando o atacante Kieza tentava driblá-lo.

Ao entrar em campo, Vitor Eudes recebeu uma demonstração de confiança do zagueiro Manoel.

Com a expulsão do camisa 1, a expectativa era de que a faixa de capitão passasse para o zagueiro, um dos principais líderes do elenco celeste.

Entretanto, Manoel colocou a braçadeira no jovem arqueiro, que fez uma partida segura, terminando novamente sem ser vazado.

Ainda sem a definição de quanto tempo França estará em recuperação, Eudes agora vive a expectativa de ganhar uma nova oportunidade, no encerramento da participação da Raposa na Série B, na próxima sexta, às 21h30, no estádio Durival de Brito.