A grande velocidade, mas a baixa resistência física, marcaram a carreira de Neto Berola. Só que, nas últimas apresentações, o ponta-direito vem mostrando outra faceta do desempenho: marcação de gols. Fez dois na última vitória do América, líder do Campeonato Mineiro.

Ao balançar a rede da URT por duas vezes no último sábado, no Independência (3x1), pela sexta rodada da competição, Berola chegou a sete gols marcados nos últimos oito jogos atuados. Foram cinco gols pelo CSA, na reta final da Série B, na qual conseguiu o acesso. Só no Juventude, Berola, que era reserva da equipe, fez um hat-trick entrando aos 13/2ºT. 

Para se ter uma ideia do momento goleador do jogador de 31 anos, ele fez sete gols desde que deixou o Atlético em 2014 até chegar ao CSA - passou por Al Wasl Dubai, Santos, Coritiba e Veracruz-MEX.

O próximo desafio é na Copa do Brasil, quando o América enfrenta o São Raimundo-RR às 21h30 desta quarta-feira. Berola vem sendo bastante utilizado pelo técnico Givanildo de Oliveira, mas disputa posição com Felipe Azevedo.

"Primeiro tenho que esperar pelo Felipe, pois está com uma virose, ver como ele amanhece domingo, pois a viagem é segunda-feira de manhã, para ver se ele viaja ou não. Se tiver condições, eu que resolvo se ele continua (Neto Berola), ou se volta o Felipe", explanou o comandante do Coelho.