Atual número quatro do mundo, Kei Nishikori desistiu de disputar o Masters 1000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, nesta semana. O japonês alegou dor no quadril para se poupar para o US Open, do qual é o atual vice-campeão. O último Grand Slam do ano terá início no dia 31.

Nishikori começou a sentir dores no local durante o Masters de Montreal, na semana passada. O quadro se agravou na semifinal, contra o escocês Andy Murray. Sem esconder o problema físico, o japonês perdeu o segundo set por 6/0 e foi eliminado pelo rival, que viria a conquistar o título no domingo.

Em nota, o número quatro do ranking explica que sua lesão não é grave. Mas decidiu se preservar nesta semana para não correr o risco de perder o US Open, que é disputado sobre quadra dura, sua especialidade. "Acho que estarei em condições de jogar bem lá", afirmou o japonês, que perdeu o título de 2014 para o croata Marin Cilic.