A tabela do Campeonato Carioca foi divulgada no dia 7 de janeiro com a confirmação de Flamengo e Boavista, neste sábado, às 19h30, no estádio Edson Passos, em Mesquita (RJ). Porém, nesta sexta-feira à noite, um dia antes da partida, a secretaria municipal de Defesa Civil da cidade interditou a praça do jogo e criou uma grande indefinição sobre o confronto válido pela rodada de abertura do Campeonato Carioca.

A justificativa para a interdição é que, segundo a secretaria, há um risco de desabamento e de algum desastre. A diretoria do Flamengo alega ter tomado todos os tipos de precauções e apresentou todos os laudos para a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj).

Enquanto o imbróglio vive a sua indefinição e o jogo corre risco de ser adiado, o técnico Muricy Ramalho tenta aproveitar o bom momento criado após a vitória sobre o Atlético Mineiro, na última quarta-feira, por 2 a 0. O treinador deve manter o mesmo time, caso Gabriel e Emerson, vetados do último treinamento, estejam à disposição. Caso não atuem, serão substituídos por Chiquinho e Marcelo Cirino, um dos destaques na vitória em Minas Gerais.

Livre do incômodo jejum de 157 dias sem marcar um gol com a camisa do Flamengo, o centroavante Paolo Guerrero quer finalmente cair nos braços da torcida. Após um bom começo no clube, o peruano caiu de rendimento e passou a ser um dos principais alvos de reclamações no final da temporada.

Pelo Boavista, a principal novidade está no banco de reservas. Ex-jogador do Botafogo, Rodrigo Beckham é o técnico da equipe. Já entre os jogadores, o destaque fica por conta de Leandrão. O centroavante foi rebaixado com o Vasco no último ano e foi emprestado pela diretoria no campeonato estadual.