Em BH desde a manha desta quarta-feira (9), o goleiro Everson passou por exames médicos e deve assinar contrato de três anos ainda nesta quinta (10). Ele, inclusive, pode ter a estreia antencipada por Sampaoli, principalmente pelo cenário criado no confronto contra o Santos na Vila Belmiro na derrota por 3 a 1.

Titular absoluto desde a chegada do argentino, o Rafael acabou expulso logo aos 15 minutos da primeira etapa, ao tentar parar um contra-ataque do Santos. Ao atingir o veloz atacante Marinho, acabou levando o cartão vermelho e, automaticamente, desfalcando o Galo no duelo de domingo (13), contra o Red Bull Bragantino no Mineirão.

Substituito imediato e há 6 meses e 2 dias sem atuar, Victor entrou em campo e poucos minutos depois acabou sendo vazado de forma negativa. O "Santo do Horto" e ídolo dos atleticanos, hoje aos 37 anos e sem espaço na equipe - principalmente com a chegada de Everson, que o fez virar terceira opção -, acabou aceitando um chute rasteiro, que resultou no famoso "frango". A bola passou por debaixo das pernas e acabou indo parar no fundo da rede.

Como não tem a característica de jogar com os pés, algo obrigatório para goleiros em times formados por Sampaoli, ex-dono da posição, que completou 423 jogos pelo Atlético nesta quarta, só será titular no próximo duelo se Everson, contratado por 6 milhões de Reais, não tiver o nome regularizado no Boletim Informativo Diário da CBF.

A ver.