Com um gol marcado pelo atacante brasileiro Douglas, o Sanfrecce Hiroshima venceu o Gamba Osaka por 3 a 2, fora de casa, no jogo de ida da final do Campeonato Japonês. Assim, a equipe ficou mais próxima de garantir a última vaga ainda aberta para o Mundial de Clubes da Fifa, que começa no próximo dia 10, no Japão.

Com o resultado, a equipe terá a vantagem de poder atuar por um empate no duelo de volta da decisão, neste sábado, quando atuará em casa. O campeão nacional será a equipe que tem direito a um lugar no Mundial como anfitrião da competição.

Curiosamente, todos os gols da partida desta quarta saíram apenas no segundo tempo, sendo que quatro deles aconteceram nos dez minutos finais. E o Gamba Osaka chegou a sair na frente no placar com um gol de Shun Nagasawa, aos 15 minutos, antes de o time visitante empatar apenas aos 35, com o gol de Douglas, de 27 anos, que iniciou sua carreira no Madureira e teve breve passagem pelo Figueirense antes de trilhar a maior parte de sua trajetória no futebol japonês.

E, logo no minuto seguinte ao gol de Douglas, Yasuyuki Konno colocou o Gamba Osaka na frente de novo, mas o Sanfrecce não se abalou e conseguiu uma incrível virada no placar com gols de Sho Sasaki, aos 45 minutos, e Yoshifumi Kashiwa, já nos acréscimos do tempo normal.

A equipe visitante, no caso, soube aproveitar a sua superioridade numérica após a expulsão do sul-coreano Jae-Seok Oh, cinco minutos após o time da casa fazer 2 a 1.

Os outros seis times que disputarão o Mundial de Clubes da Fifa já estão definidos, sendo que o último a carimbar passaporte para o Japão foi o Guangzhou Evergrande, da China, que é comandado por Luiz Felipe Scolari e se garantiu na competição ao superar o Al-Ahli, dos Emirados Árabes Unidos, na final da Liga dos Campeões da Ásia, há menos de duas semanas.

Antes do Guangzhou assegurar lugar no Mundial, já estavam garantidos o Barcelona (atual campeão europeu), o River Plate (campeão da Libertadores), o América (campeão da Concacaf), o Auckland City (campeão da Oceania) e o Mazembe (campeão africano).