O Cruzeiro bateu o Sport por 2 a 0, no Mineirão, na tarde deste domingo (20), e entrou na zona de classificação para a Copa Libertadores, ultrapassando o próprio rival pernambucano.

Os gols da vitória foram marcados por Sassá, aos 33 minutos do primeiro tempo, e Raniel, aos 41 do segundo. Com o triunfo, a Raposa chegou aos 30 pontos, e assumiu a sexta colocação do Campeonato Brasileiro.

Mesmo com a proximidade do segundo jogo das semifinais da Copa do Brasil, contra o Grêmio, na próxima quarta-feira (23), no Mineirão, o técnico Mano Menezes surpreendeu, e optou em poupar apenas alguns titulares, mandando a campo a base do time que vinha atuando nos últimos jogos.

A estratégia deu certo, e o time voltou a vencer na competição após dois jogos. O próximo compromisso do Cruzeiro pelo Brasileiro será no próximo domingo (27), contra o Santos, também no Mineirão.

O Sport, por sua vez, estacionou nos 29 pontos, e caiu para a oitava colocação. O próximo desafio do time comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo será no sábado (26), contra o Grêmio, em Porto Alegre.

O JOGO

A primeira chance do Sport veio aos quatro minutos com André. O atacante aproveitou cobrança de escanteio, e desviou de cabeça com perigo ao gol de Fábio.

Aos 25 minutos, de novo André. Após cruzamento de Samuel Xavier pela direita, o Camisa 9 subiu mais alto que a defesa e testou rente à trave esquerda.

Um minuto depois foi a vez de Lenis avançar pela esquerda, ganhar na corrida de Murilo, e finalizar cruzado, à direita de Fábio.

Na primeira chance clara no jogo, o Cruzeiro abriu o placar. Aos 33, Ezequiel cruzou pela direita, e Sassá se antecipou à defesa, para marcar, de cabeça, seu sexto gol pela Raposa .

O Cruzeiro quase ampliou aos 43. Após falta cobrada por Thiago Neves, Léo desviou de cabeça, e a bola bateu no travessão.

Na última chance do primeiro tempo, Ezequiel avançou pela direita, e bateu cruzado, com perigo à meta do Sport.

SEGUNDO TEMPO

Aos quatro minutos, quase um golaço. Thiago Neves recebeu na entrada da grande área, viu o goleiro Magrão levemente adiantado, e bateu por cobertura. A bola bateu caprichosamente no travessão e voltou para Sassá, que estava em posição de impedimento.

O Cruzeiro quase ampliou ao 17 minutos. Após enfiada de bola de Thiago Neves, Sassá recebeu dentro da área, tentou driblar Magrão, mas o goleiro do Sport conseguiu mandar para escanteio.

Aos 41 minutos, Raniel aproveitou a sobra de bola na entrada da área, e bateu com força, no canto alto esquerdo, para marcar o segundo do Cruzeiro, e dar números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO 2 X 0 SPORT

Público: 10. 393 (7.765 pagantes)

Renda: R$ 132.119,00

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Vinicius Melo de Lima e Jean Marcio dos Santos.

Cartões amarelos:

Gol: Sassá, aos 33 minutos do primeiro tempo, e Raniel, aos 41 do segundo tempo, para o Cruzeiro.

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Hudson (Lucas Silva), Henrique, Thiago Neves, Rafinha e Alisson (Elber); Sassá (Raniel)

Técnico: Mano Menezes

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Ronaldo Alves, Oswaldo Henríquez e Mena (Anselmo); Patrick, Rithely, Diego Souza e Everton Felipe (Rogério); Lenis (Juninho) e André

Técnico: Vanderlei Luxemburgo

 

Leia mais:

Mano comemora vitória e mira volta da confiança para decisão contra o Grêmio