Com uma grande atuação, o América venceu a Ponte Preta por 3 a 1, na noite desta terça-feira (22), no Independência, no jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil, e se classificou para as oitavas de final do torneio.

O Coelho começou a construir o placar no primeiro tempo, com gols marcados por Felipe Azevedo, aos 31 minutos, e Alê, em uma bela jogada coletiva do Alviverde, cinco minutos depois.

Na segunda etapa, Rodolfo, em cobrança de pênalti, marcou o terceiro, aos 17 minutos.

Aos 47 minutos, Apodi diminuiu para a Macaca, com um forte chute de fora da área.

Além da vaga na próxima fase da competição, o América vai embolsar R$2,6 milhões, que correspondem a cota paga pela CBF a quem disputa as oitavas de final da Copa do Brasil.

O Coelho agora vai aguardar o sorteio da entidade máxima do futebol, que deve ocorrer no dia 1º de outubro, para conhecer seu próximo adversário no torneio.

Além do Alviverde e do Juventude - que eliminou o CRB - já estão garantidos nas oitavas os seguintes clubes: Flamengo, Athletico-PR, Santos, Palmeiras, São Paulo, Grêmio, Internacional e Corinthians, que jogam a Libertadores, mais Bragantino (campeão da Série B 2019), Fortaleza (campeão da Copa do Nordeste 2019) e Cuiabá (campeão da Copa Verde 2019).

Nesta quarta, os duelos entre Vasco e Botafogo, e Ceará e Brusque, vão definir mais dois classificados.

Na quinta, Atlético-GO e Fluminense decidem a última vaga para a próxima fase do campeonato.

Enquanto aguarda o próximo rival na Copa do Brasil, o América vira a chave e volta a pensar no Campeonato Brasileiro da Série B.

Na quinta colocação na tabela, com 17 pontos, o Alviverde vai enfrentar a Chapecoense, nesta sexta-feira (25), às 19h15, na Arena Condá, em Chapecó, em duelo válido pela 11ª rodada do torneio.

O jogo

Após o empate em 2 a 2 no jogo de ida, em Campinas, o América entrou em campo nesta terça querendo encaminhar a classificação logo nos primeiros minutos.

Descansado após o técnico Lisca ter preservado alguns jogadores na última rodada da Série B, o Coelho imprimiu um ritmo forte, acuando a Ponte no seu campo de defesa.

Depois de desperdiçar algumas chances de gol, o Alviverde abriu o placar aos 31 minutos, com Felipe Azevedo, que completou de cabeça, cruzamento da direita de Juninho.

Cinco minutos depois, em bela triangulação, Alê recebeu na entrada da área e bateu no canto direito de Ivan para ampliar.

No segundo tempo, mesmo com a Ponte avançando a marcação, o Coelho controlou bem o jogo e sacramentou a vitória aos 17 minutos.

Diego Ferreira aproveitou a falha de Bruno Reis, que cometeu o pênalti no lateral-direito do Coelho.

Na cobrança, Rodolfo bateu firme, deslocando o goleiro para marcar o terceiro.

No último minuto do jogo, Apodi bateu firme de fora da área, e contou com a colaboração de Matheus Cavichioli, para diminuir para a Macaca.  

A FICHA DO JOGO

AMÉRICA 3 X 1 PONTE PRETA

AMÉRICA
Matheus Cavichioli; Diego Ferreira, Messias, Eduardo Bauermann e Sávio (Lucas Luan); Zé Ricardo e Juninho; Léo Passos (Ademir), Alê (Marcelo Toscano) e Felipe Azevedo (Neto Berola); Rodolfo (Guilherme). Técnico: Lisca

PONTE PRETA
Ivan; Apodi, Wellington Carvalho, Alisson (Neto Moura) e Guilherme Lazaroni (Ernandes); Bruno Reis, Luís Oyama (Danrley) e João Paulo; Moisés (Guilherme Pato), Matheus Peixoto (Zé Roberto) e Bruno Rodrigues. Técnico: João Brigatti
ESTÁDIO: Independência
CIDADE: Belo Horizonte
MOTIVO: Jogo de volta da 4ª fase da Copa do Brasil
ARBITRAGEM: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES), auxiliado por Fabiano da Silva Ramires (ES) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)

GOLS: Felipe Azevedo, aos 31 minutos e Alê, aos 36 minutos do primeiro tempo; Rodolfo, aos 17 minutos e Apodi, aos 47 minutos do segundo tempo

CARTÕES AMARELOS: Alê e Léo Passos (América); Guilherme Lazaroni, Neto Moura e Luís Oyama (Ponte Preta)