Cercado de expectativa e com grande mobilização nas redes sociais, o Cruzeiro lançou, no final da manhã desta sexta-feira (17), a categoria ‘Reconstrução’ do seu programa de sócio-torcedor.

A nova modalidade do plano é tratada pela diretoria celeste com uma das principais medidas imediatas para ajudar a instituição a levantar recursos em meio à grave crise financeira que a Raposa atravessa.

O “Sócio Reconstrução” tem um viés mais popular em relação as outras modalidades do programa, possibilitando que o torcedor adquira uma cota por R$12 mensais.

A adesão à nova categoria poderá ser feita apenas online, com o pagamento via cartão de crédito. Os interessados poderão adquirir quantas assinaturas desejarem sob o mesmo CPF.

Quem já for sócio em outra categoria poderá acumular as duas modalidades.

O novo modelo dará ao torcedor direito à fila de prioridade para a compra de ingressos para jogos, sem desconto, além de outros benefícios que ainda serão divulgados pelo clube estrelado.

A expectativa da diretoria é alcançar a marca de 100 mil “sócios-reconstrução” neste primeiro momento, o que daria de imediato uma arrecadação de R$1,2 milhões por mês aos cofres da instituição.

torcida do cruzeiro

Mobilização

A mobilização em torno do lançamento da nova modalidade do sócio-torcedor é grande nas últimas semanas.

Nas redes sociais, centenas de torcedores garantem vão adquirir cotas para ajudar o clube que vive a pior crise dos seus 99 anos de história.

Já na porta da sede administrativa da Raposa, no Barro Preto, uma faixa com a hashtag #BoraReconstruir foi fixada e algumas dezenas de torcedores marcaram presença no prédio no momento em que a nova modalidade do plano era lançada.

O Cruzeiro também afirmou que em breve vai disponibilizar uma plataforma para os torcedores que desejarem fazer doações em dinheiro para o clube. A promessa é de que um portal de transparência com a prestação de contas dos recursos levantados também seja criado.