Com uma grande reação no segundo tempo, a seleção brasileira bateu a Grécia por 79 a 78, nesta terça-feira (3), em Nanquim, na China, e conquistou a sua segunda vitória em dois jogos no Mundial Masculino de Basquete. O time nacional havia estreado com um triunfo sobre a Nova Zelândia, no último domingo, e agora assegurou a sua classificação à segunda fase com uma rodada de antecedência.

O pivô Anderson Varejão, com 22 pontos e nove rebotes, foi o grande destaque do Brasil no confronto, válido pelo Grupo F do torneio. Ele terminou como cestinha do jogo, logo à frente do grego Georgios Printezis, com 20.

Ao ganhar este duelo, a equipe nacional se garantiu na liderança isolada da chave, com quatro pontos, antes de fechar a sua campanha na primeira fase na quinta-feira, às 5 horas (de Brasília), contra Montenegro.

No outro duelo da segunda rodada deste Grupo F disputado nesta terça, a Nova Zelândia superou os montenegrinos por 93 a 83 e manteve vivas as suas chances de classificação à próxima fase do Mundial ao chegar aos três pontos, mesma pontuação dos gregos, vice-líderes. Este resultado ajudou o Brasil, que ganhou a chance de assegurar avanço no torneio com uma vitória sobre os gregos. Com duas derrotas em dois duelos, Montenegro ocupa a lanterna, com dois pontos. Os dois primeiros colocados de cada chave avançam ao estágio seguinte da competição.

Este duelo com a Grécia era considerado o maior desafio do Brasil neste estágio do Mundial, principalmente pelo fato de que os gregos contam com o ala Giannis Antetokounmpo, eleito MVP (jogador mais valioso, na sigla em inglês) da última temporada da NBA pelo Milwaukee Bucks.

E os gregos exibiram força ao terminarem os dois primeiros quartos do jogo em vantagem no placar, com 19 a 15 e depois 40 a 30. Porém, a equipe brasileira deu início a uma grande reação no terceiro período, no qual tirou uma diferença que chegou a ser de 17 pontos e fechou vencendo por 56 a 53, antes de triunfar com a vitória por 79 a 78 no tempo derradeiro.

No finalzinho da partida, logo após Leandrinho desperdiçar um lance livre e converter o outro, o brasileiro Didi cometeu um erro infantil ao fazer uma falta em Sloukas quando o grego tentou fazer um arremesso ainda na quadra defensiva, a dois segundos do fim. Com isso, ele deu a oportunidade ao rival de arremessar três lances livres. O grego acertou os dois primeiros, mas errou o terceiro e a vitória ficou com o Brasil.

Marquinhos, com 15 pontos, e Leandrinho e Alex, com 13 pontos cada, foram os outros principais destaques da seleção brasileira. Pelo lado grego, Antetokounmpo foi bem marcado pelos brasileiros e somou 13 pontos, sendo que foi excluído de quadra ao cometer a sua quinta falta, sofrida por Leandrinho, no final da partida. Na parte ofensiva, Nick Calathes foi o segundo maior cestinha da sua equipe, com 16 pontos.

Na quinta-feira, às 9h (de Brasília), gregos e neozelandeses medirão forças na partida que finalizará este Grupo F do Mundial realizado em solo chinês.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

@basquetecbb 🇧🇷 UPSET 🇬🇷 IN AN ABSOLUTELY CRAZY FINALE 🔥 #BRAGRE #BrasilGotGame

Uma publicação compartilhada por FIBA Basketball World Cup (@fibawc) em

Leia mais:
A Copa que pode virar o mundo do basquete de ponta-cabeça
Brasil bate Venezuela e avança no Sul-Americano Feminino de Vôlei