Após três vitórias seguidas no Brasileirão, sendo a última delas no clássico nacional contra o Flamengo, nesta quarta-feira (7), o Atlético se prepara para um dérbi estadual, diante do América, no sábado (10), no Independência, e, na sequência, o confronto de ida das oitavas de final da Libertadores, em La Bombonera, na terça-feira (13), perante o Boca Juniors.

Indagado se vai poupar alguns atletas para o duelo com o Coelho, já visando ao embate com os xeneizes, Cuca disse que, inicialmente, “não”. Mas que vai avaliar a situação de alguns deles, em função do desgaste físico, nos próximos dias.

“Não posso pensar em nada que não seja em descansar esses jogadores. Não vamos abrir mão do Brasileiro de forma alguma. Temos um elenco forte para isso. Logicamente que se tem jogadores desgastados, aí é outra situação. Trabalhamos em equipe com a fisiologia, que te dá todos os números para haver menos riscos de atletas lesionados. Os jogadores têm que estar ‘frescos’, como diz o Mourinho (risos). E eu concordo com ele”, afirmou o treinador, arriscando uma imitação do técnico português.

O certo é que o técnico não terá Arana para estas partidas, já que o lateral-esquerdo vai se apresentar à Seleção na disputa dos Jogos Olímpicos. E os atacantes Vargas e Marrony serão reavaliados pelo departamento médico.

“Se sentir que tem alguém mais cansado, faremos a troca. Agora é torcer para que não seja nada com o Marrony. E eu já tinha visto o Vargas se queixando de algo na panturrilha ainda na seleção (chilena). (...) Vamos esperar os exames. Tenho a saída do Arana, que é iminente, e não posso privar o jogador de realizar um sonho. Temos o Dodô trabalhando para se recuperar. E quanto ao Nacho, esperamos que esteja em condição até terça”, comentou.

Atlético