Não é exagero afirmar que o meio-campista Nathan é um dos atletas do atual elenco alvinegro que melhor reproduz em campo o estilo de jogo que Jorge Sampaoli propõe para o time. Além de auxiliar o sistema defensivo, ele vem se destacando pelos gols, que o colocam no topo da artilharia do Galo na temporada.

O volante/meia balançou as redes nas três partidas que o Atlético fez desde o retorno do calendário do futebol brasileiro. Neste domingo (2), na vitória por 2 a 1 sobre o América, na ida das semifinais do Mineiro, voltou a deixar sua marca, se igualando a Di Santo, que já deixou o clube, como maior goleador da equipe em 2020.

“Fico muito feliz pelas oportunidades que venho tendo. Tento dar meu melhor na defesa e no ataque. Fui premiado com um gol novamente, e graças a Deus saímos com a vitória”, destacou Nathan, na saída do gramado, ao fim do duelo.

Nessas três partidas em que anotou gol, ele foi titular em todas: no 1 a 1 com o Coelho e nos 4 a 0 sobre a Patrocinense, pela primeira fase do Estadual, e neste domingo.

Além do faro apurado, o meia poderia ter saído de campo como um garçom e tanto, caso seus colegas de equipe, como Hyoran e Marrony, tivessem convertido em gol os passes que deu.

Confira a lista de artilheiros do Atlético no ano

3 gols
Nathan
Di Santo

2 gols
Savarino
Guilherme Arana
Otero
Igor Rabello
Fábio Santos
Gabriel

1 gol
Jair
Hyoran
Ricardo Oliveira
Marquinhos
Mailton
Bruno Silva

Contra
Weslei (Boa Esporte)
Pedro (Patrocinense)

FONTE: Galo Digital

Nathan