Que sufoco! Uma partida que ratifica o discurso do técnico Felipão, de que a luta cruzeirense de momento não é pelo G-4, mas, sim, contra a degola. Nesta segunda-feira (9), no Mineirão, em um duelo de altos e baixos, a Raposa ficou no empate com o Guarani, por 3 a 3, pela 21ª rodada da Série B do Brasileiro, resultado que manteve a equipe celeste em 15° lugar, agora com 24 pontos. 

Apesar de não ser o placar que ansiava, o Cruzeiro acabou ficando ‘no lucro’. Isso porque o time perdia por 3 a 2 e atuava com um atleta a menos, já que Pottker havia sido expulso. Na raça, obteve a igualdade, com um gol de Welinton aos 37 minutos da segunda etapa.

Os outros tentos foram marcados por Murilo Rangel (2) e Pablo, para o Bugre, e Manoel e Pottker, para a Raposa.

O Cruzeiro volta a campo só no próximo dia 20, às 21h30, com o Figueirense, também no Gigante da Pampulha, pela 22ª rodada da competição.

Cruzeiro

A FICHA TÉCNICA DO JOGO

CRUZEIRO 3 X 3 GUARANI
Motivo:
21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Estádio: Mineirão
Cidade: Belo Horizonte
Arbitragem: Pathrice Wallace Corrêa Maia, auxiliado por Silbert Faria Sisquim e Thiago Rosa de Oliveira, todos do Rio de Janeiro
Cartões amarelos: Machado (Cruzeiro); Cristovam (Guarani)
Cartão vermelho: Pottker (Cruzeiro)
Gols: Murilo Rangel aos 14 minutos, Manoel aos 20, Pablo aos 38 e Pottker aos 44 do primeiro tempo; Murilo Rangel aos 5 e Welinton aos 37 do segundo tempo

CRUZEIRO
Fábio, Cáceres, Cacá, Manoel e Patrick Brey; Ramon (Machado), Jadsom Silva e Régis (Welinton); William Pottker, Airton e Sassá (Thiago)
Técnico: Felipão

GUARANI
Gabriel Mesquita; Cristovam (Eliel), Wálber, Victor Ramon e Bidu; Bruno Silva (Matheus Souza), Lucas Crispim, Pablo e Murilo Rangel (Marcelo); Renanzinho (Giovanny) e Bruno Sávio (Alemão)
Técnico: Felipe Conceição