A Pouco mais de um mês do final do ano e faltando apenas cinco partidas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Atlético ainda não tem uma posição oficial sobre o Galo na Veia Preto, modalidade mais nobre do sócio-torcedor do clube.

Torcedores que possuem tal plano - que dá direito a entrada para todos os jogos do clube na temporada -, atualmente não têm a opção de renovar o vínculo para  2020. Diferentemente das modalidades "Branco" e "Prata", o site do alvinegro oferece apenas a alternativa de adesão até 31 de dezembro.

a

Em contato com Américo Rincon, responsável pelo programa de sócio-torcedor do Atlético, o Hoje em Dia apurou que o clube está trabalhando na questão, mas que ainda não tem nenhuma posição oficial sobre o assunto. Ainda segundo o gerente do Galo na Veia, até o final do mês deve ser anunciado alguma novidade sobre o tema.

O programa

Ainda sob a direção do atual prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil, o Atlético lançou em maio de 2012 seu programa de sócio-torcedor. Naquele momento, o clube disponibilizou 5.400 cartões, e a única modalidade disponível era a do Galo na Veia Preto.

O surgimento do Galo na Veia aconteceu no momento da reabertura do Independência, que passou por reformas visando a Copa do Mundo no Brasil. Desde então, os adeptos do programa tem acesso ao portão 2 do estádio e ao setor Roxo do Mineirão.

Atualmente, o Atlético não divulga a quantidade de sócios adimplentes  que possui cada programa do clube, mas aqueles que aderiram ao Galo na Veia Preto ainda não sabem se haverá a extinção da modalidade ou se será criada outra versão para substituí-la.

a

Clique na imagem para ampliar