Quatro dias depois de decidirem no Mineirão uma vaga na decisão da Copa do Brasil, num confronto que terminou com classificação cruzeirense e uma confusão generalizada no gramado do Gigante da Pampulha, inclusive com agressões dos dois lados, Palmeiras e Cruzeiro voltam a se enfrentar neste domingo (30), às 11h, no Pacaembu, em São Paulo, em partida válida pela 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Os personagens desse reencontro serão bem diferentes, pois envolvidos nas quartas de final da Copa Libertadores, que terão os jogos de volta disputados no meio desta semana, os dois times entrarão em campo praticamente com times reservas.

O Palmeiras, que fez 2 a 0 no Colo-Colo, do Chile, na ida, em Santiago, joga na próxima quarta-feira (3), às 21h45, no Allianz Parque, em São Paulo, podendo até perder por um gol de diferença para avançar às semifinais.

A situação do Cruzeiro é bem mais difícil. Derrotado pelo Boca Juniors, da Argentina, por 2 a 0, na primeira partida, há duas semanas, em La Bombonera, em Buenos Aires, o time de Mano Menezes recebe os xeneizes na próxima quinta-feira (4), também às 21h45, no Mineirão, precisando vencer por três gols de diferença ou por 2 a 0 para forçar a decisão por pênaltis.

Se cruzeirenses e palmeirenses se classificarem eles farão uma das semifinais da Libertadores, com jogos certamente carregados de rivalidade por tudo que os dois clubes viveram nas últimas temporadas, pois ano passado o Cruzeiro eliminou o Palmeiras nas quartas de final da Copa do Brasil.

DÚVIDAS

Nos dois lados, os treinadores não adiantaram a escalação que colocarão em campo. No Cruzeiro, o lateral-direito Edílson, que não participou do jogo da última quarta-feira, cumprindo suspensão, deve jogar, até porque a partida contra o Boca Juniors é só na quinta-feira e o tempo de recuperação é longo.

O zagueiro Léo também pode ser escalado e formar dupla com Manoel, pois Murilo tem uma luxação no ombro e está fora da partida. A outra opção seria o garoto Cacá, do time sub-20. O volante Lucas Romero, que jogou improvisado na lateral direita na última quarta-feira, pode ter mais uma chance na sua real posição.

As novidades cruzeirenses estarão no banco de reservas. O atacante Arrascaeta, recuperado de lesão muscular sofrida há 20 dias, contra o próprio Palmeiras, no jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil, está em São Paulo e deve entrar no segundo tempo para pegar ritmo de jogo, já pensando na partida contra o Boca Juniors.

Quem também estará no banco de reservas será o centroavante Fred, que volta após seis meses afastado dos gramados por causa de uma cirurgia no joelho. Seu aproveitamento no jogo não é certo.

Por causa da confusão da última quarta-feira, quando acertou um soco na cara de Mayke, o também centroavante Sassá não viajou com a delegação do Cruzeiro a São Paulo. O técnico Mano Menezes optou por deixá-lo em Belo Horizonte.

No Palmeiras, os titulares em campo podem ser o goleiro Weverton, o volante Felipe Melo e o atacante Dudu. Na lateral direita, Luiz Felipe Scolari tem dúvida entre Marcos Rocha, que foi titular no Mineirão na última quarta-feira e atuou muito mal, e Mayke, um dos pivôs da confusão no Gigante da Pampulha após o apito final e que foi inclusive expulso.

A FICHA DO JOGO

PALMEIRAS
Weverton, Mayke (Marcos Rocha), Luan, Gustavo Gómez e Victor Luis; Thiago Santos, Felipe Melo e Lucas Lima; Hyoran, Dudu (Jean) e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari.
CRUZEIRO
Rafael, Edílson (Ezequiel), Manoel, Léo e Marcelo Hermes; Lucas Romero, e Ariel Cabral, Bruno Silva, Mancuello (Rafael Sobis) e David; Raniel. Técnico: Mano Menezes
DATA: 30 de setembro de 2018
MOTIVO: 27ª rodada do Campeonato Brasileiro
HORÁRIO: 11h
LOCAL: Pacaembu (São Paulo)
TRANSMISSÃO: Premiere
ARBITRAGEM: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa), auxiliado por Hélcio Araújo Neves e Heronildo Freitas da Silva, todos do Pará