Neste domingo (7), às 18h, Palmeiras e Grêmio farão a finalíssima da Copa do Brasil, no Allianz Parque. Além do título em jogo, dois atletas seguem na briga pela artilharia da competição. O tricolor Diego Souza e o alviverde Raphael Veiga possuem quatro gols, cada, dois a menos que Brenner (São Paulo), Léo Gamalho (que disputou o torneio pelo CRB), Nenê (Fluminense) e Rodolfo (América).

Se nenhum desses dois atletas finalistas marcar três ou mais tentos, o atacante americano encerrará a competição como um dos goleadores. Por isso, vale até dar uma “secadinha” na decisão para faturar o prêmio.

“Expectativa é muito boa, melhor possível. Vamos dar uma ‘secadinha’ nos dois atletas que podem chegar. Mas se Deus quiser vamos coroar essa artilharia da Copa do Brasil. Vai ser muito importante para mim. E para o América ter o artilheiro da Copa do Brasil. Dar a ‘secadinha’ no domingo para ver se a gente consegue esse troféu e selar o 2020 o melhor possível”, ressaltou Rodolfo.

Caso ele obtenha o prêmio, será a primeira vez que o Coelho emplaca o artilheiro em uma edição do torneio.

Na competição nacional de 2020, o atacante americano anotou gols sobre Santos-AP, Operário-PR, Ferroviária, Ponte Preta, Corinthians e Internacional. Somente ante o Palmeiras isso não aconteceu.

Leia Mais:
'Vou em todos os jogos e quem não se conformar, que se dane!', dispara prefeito de São João del-Rei
Mais um do 'Rogolfo': homem-gol do América abre contagem em 2021 e leva Coelho aos 100% no Mineiro
América supera o Athletic, na estreia de Loco Abreu, e dorme na liderança do Mineiro