O 45º título estadual do Atlético, conquistado na tarde deste domingo (30) sobre o Tombense, traz consigo algumas curiosidades e também coincidências. Maior campeão do Campeonato Mineiro, o alvinegro não conquistava o caneco desde 2017, quando era comandado por Roger Machado.

O Hoje em Dia separou 13 curiosidades da edição 2020 do Mineiro:

1 - Desde 2004 o campeão mineiro não trocava de treinador na campanha; naquele ano, o Cruzeiro iniciou com Luxemburgo e terminou com PC Gusmão no comando.

2 - Desde 1999, um estrangeiro não era campeão como treinador. O uruguaio Dario Pereyra era o último.

3 - Desde 2010, o campeão mineiro não ganhava os dois jogos da final.

4 - Neste milênio, todos os anos terminados em zero (0) tiveram o Atlético como campeão (2000, 2010 e 2020).

5 - A primeira taça erguida pelo Atlético no novo Mineirão foi por Réver, no até então único titulo estadual do clube na remodelada Arena.

6 - Tardelli foi campeão mineiro nas três passagens pelo clube, embora tenha jogado pouco em 2020.

7 - Em 2017, ano da última conquista estadual do Atlético (até este domingo (30)), o autor do gol do título também foi um volante. Se em 2020, Jair foi o responsável por balançar a rede, há três anos, Elias assumia o papel.

8 - Pela primeira vez na história, a final do Mineiro foi disputada sem a presença de público.

9 - Além de esta edição do Mineiro ter marcado o 45º título do Atlético na competição, ela também significou a 45ª volta olímpica no Gigante da Pampulha (considerando o Estadual).

10 - Assim como em 2013, quando o Atlético de Cuca chegava ao título, o artilheiro do Campeonato foi um jogador do Tombense. Naquele ano, Junior Negão anotou 8 gols; em 2020, Rubens marcou 7.

11 - Rafael se tornou o único goleiro tricampeão mineiro (de forma consecutiva), neste século. Ele levantou os canecos de 2018, 2019 e 2020, sendo o último o único como titular e os dois primeiros como reserva de Fábio no Cruzeiro.

12 - Esta foi a primeira final estadual do Atlético, de 2013 para cá, que o goleiro Victor não ocupou o posto de titular do alvinegro.

13 - O Atlético teve dois técnicos efetivados (Dudamel e Sampaoli) e mais um interino (James Freitas) ao longo da edição 2020 do Mineiro. Além disso, foram utilizados 39 jogadores ao longo dos jogos.