Cerca de dois meses após o início da maior competição futebolística da América Latina, a Copa Libertadores, a Conmebol resolveu dar fim a uma das principais novidades deste ano: a transmissão de parte dos jogos de forma exclusiva pelo Facebook. A rede social arrebatou o direito de transmitir 27 partidas, todas às quintas-feiras, porém, por questões técnicas e de publicidade, a Confederação Sul-Americana de Futebol decidiu encerrar o contrato de exclusividade. 

Desde o início da competição, entre os clubes brasileiros somente o Cruzeiro e o Atlético Paranaense tiveram partidas transmitidas pela plataforma on-line. Por conta do grande atraso e má qualidade da imagem e, também, por conta das várias vezes que a transmissão travou, internautas criticaram a decisão da Conmebol. 

De acordo com reportagem publicada pelo UOL, a entidade já está em negociação para um novo modelo de transmissão dos jogos, que até então eram exclusivos do Facebook, sendo que os canais Fox Sports já estariam finalizando a conversa para assumir as transmissões das quintas-feiras. 

Ainda segundo a matéria do site brasileiro, a confederação terá que pagar algum valor ao Facebook, já que há previsão de uma indenização no contrato em caso de retirada da exclusividade dos jogos. 

O Hoje em Dia tentou contato com a Conmebol, porém, a instituição ainda não se posicionou sobre essa questão. 

O que muda no Brasil?

O Facebook ainda faria a transmissão de outros três jogos de clubes brasileiros até o fim da fase de grupos da competição. No dia 4 de abril, a partida entre o Grêmio e o Universidad Católica, do Chile, seria transmitida somente pela rede social. 

Além disso, também poderiam ser assistidos somente na rede os jogos entre Flamengo e San José, da Bolívia, no dia 11 de abril, e Palmeiras e Melgar, do Peru. 

Leia mais:
Em jogo com reclamações pela transmissão na internet, Cruzeiro vence o Huracán na Libertadores
Por 'maior controle', Conmebol assume geração de imagens da Libertadores
Libertadores de 2019 terá 27 jogos transmitidos pelo Facebook