Um encontro entre os treinadores dos clubes  que disputam esta edição da Copa Libertadores acontecerá no próximo dia 19, em Luque, sede da Conmebol, no Paraguai. Dos brasileiros que participam do torneio, apenas Levir Culpi, do Atlético, Felipão, do Palmeiras, e Abel Braga, comandante do Flamengo, ainda não confirmaram presença.

No evento, que acontecerá na Centro de Convenções, os treinadores das equipes que batalham na fase de grupos da competição mais importante do país receberão de dirigentes da entidade algumas informações sobre regulamento, valores comerciais, prêmio, detalhes da implementação do VAR e também sobre o controle de dopagem. 

Depois de escutar os membros da Conmebol, os técnicos falarão sobre suas visões a respeito da realidade do atual futebol no continente, farão seus diagnósticos e darão sugestões aos dirigentes.

Cabe lembrar que, no dia seguinte, o Cruzeiro vai a campo para enfrentar a Caldense e o Atlético encara o Tupynambás, em Juiz de Fora.

Até o momento, já confirmaram presença Marcelo Gallardo, (River Plate, Argentina), Renato Gaucho (Gremio, Brasil), Ivo Basay (Palestino, Chile), Gustavo Alfaro (Boca Juniors, Argentina), Pablo Repeto (LDU, Ecuador), Mano Menezes (Cruzeiro, Brasil), Miguel Ángel Russo (Alianza Lima, Perú), Fernando Jubero (Cerro Porteño, Paraguay), Odair Hellmann (Internacional, Brasil), Jorge Almirón (San Lorenzo, Argentina), Jorge Pautasso (Melgar, Perú), Antonio Mohamed (Huracán, Argentina), Daniel Garnero (Olimpia, Paraguay), Tiago Nunes (Athletico Paranaense), Paulo Ferrari (Rosario Central, Argentina), Leonardo González (Deportivo Lara, Venezuela), Mariano Soso (Emelec, Ecuador), Claudio Vivas (Sporting Cristal, Perú), Francisco Bozan (Universidad de Concepción, Chile), Lucas Bernardi (Godoy Cruz, Argentina), José Chamot (Libertad, Paraguay) e Luis Diego López (Peñarol, Uruguay).