Para o jogo contra o Internacional, no próximo domingo, às 11h, no Independência, o Atlético deverá ter dois desfalques: um certo, na zaga, após a expulsão de Igor Rabello na derrota para Botafogo, por 2 a 1, e outro que depende do Departamento Médico: o volante Jair, que saiu ainda no primeiro tempo, com um problema muscular.

Para o lugar de Rabello, o treinador Rodrigo Santana já confirmou Leonardo Silva, devido ao entrosamento do veterano jogador com Réver, parceiros na conquista da Copa Libertadores de 2013.

No caso de Jair, se confirmada a impossibilidade de jogar, o nome mais certo para substituí-lo é o do paraguaio Martínez,que não participou do jogo contra o Botafogo por ter sido convocado pela seleção de seu país.

Provavelmente ele teria entrado em campo, no lugar de Jair, quando este saiu aos 33 minutos do primeiro tempo. O substituito foi Zé Welison, grande responsável pelo primeiro gol do Botafogo, já que ele perdeu a bola no meio-campo que gerou um contra-ataque e obrigou Rabello a matar a jogada, levando o primeiro cartão amarelo em todo o campeonato. Na cobrança de falta, o zaguiero teria tocado na bola (decisão muito contestada pela diretoira atleticana) e, além do pênalti, foi expulso ao receber o seugndo cartão amarelo.

"Sentimos muito a saída do Jair, que é peça fundamental em nosso esquema tático", lamentou Santana, explicando que preferiu trocar um primeiro volante por outro da mesma posição. "O Zé tem a mesma característica de se movimentar por trás, claro que sem a mesma faciidade de passe do Jair. A intenção era dar mais liberdade para o Elias, mas acabamos tomando o gol", explicou.