Dar fim ao jejum de vitórias, garantir a melhor campanha como visitante na Série B do Campeonato Brasileiro (atualmente com 62,96% de aproveitamento fora de casa) e manter viva a chance do título até seu último desafio na competição. Muita coisa está em jogo para o América no duelo deste sábado (23), às 16h15, com o Confiança, no Batistão, pela 37ª rodada.

Os três empates consecutivos – com Náutico, Botafogo-SP e Brasil de Pelotas – custaram ao Coelho a liderança do torneio nacional, agora nas mãos da Chapecoense, dona de 70 pontos, um a mais que o time mineiro.

Se ganhar, ou no mínimo empatar novamente (embora uma nova igualdade no placar torne as coisas mais difíceis à equipe), o América continua na luta pelo tricampeonato. O Coelho levantou as taças de 1997 e 2017. Mas um revés em Aracaju (SE) pode representar o fim desse sonho.

Caso seja derrotado, o América teria que ficar na torcida para que a Chape não supere o Operário-PR, na segunda-feira (25), às 17h, no Germano Krüger. Senão, os catarinenses é quem ficarão com o troféu. 

América

João Paulo está garantido na lateral esquerda do Coelho neste sábado

Foco

Satisfeito com a postura do time, mas não com o resultado perante o Brasil de Pelotas, o lateral-esquerdo americano João Paulo sabe que um triunfo neste sábado é considerado uma obrigação para o Coelho. 

"Estamos focados, treinamos forte e esperamos conquistar uma vitória. Estamos atuando com naturalidade. Mas quando seu comandante expõe uma situação, temos que assimilar isso bem e sermos efetivos. É preciso reencontrar a vitória, fazer gols e contornar isso da melhor forma possível", comentou o atleta.

“É decisão. Buscamos um título. Precisamos voltar a vencer. E contra o Avaí, conseguir outro resultado positivo", afirmou ele, referindo-se também ao confronto com o Leão de Florianópolis, na última rodada, no Independência, na sexta (29), às 21h30.

CONFIANÇA X AMÉRICA
Motivo:
37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Data: 23/1/2021 (sábado)
Horário: 16h15
Estádio: Batistão
Cidade: Aracaju (SE)
Arbitragem: Paulo Roberto Alves Junior, auxiliado por Victor Hugo Imazu dos Santos e Rafael Trombeta, todos paranaenses
Transmissão: Premiere e SporTV

CONFIANÇA
Rafael Santos; Thiago Ennes, Luan, Nirley e Djalma Silva; Serginho, Rafael Vila e Guilherme Castilho; Reis, Iago e Bruno Paraíba
Técnico: Daniel Paulista

AMÉRICA
Airton; Daniel Borges, Messias, Eduardo Bauermann e João Paulo; Zé Ricardo, Juninho e Alê; Ademir, Felipe Augusto e Rodolfo
Técnico: Lisca